Chapada: Projeto de formação de agentes culturais em Itaberaba está com inscrições abertas

Postado em fev 11 2018 - 3:06pm por Jornal da Chapada
capa3

O evento acontecerá em Itaberaba entre os meses de abril e junho e está com suas inscrições gratuitas abertas até 20 de março | FOTO: Divulgação |

O programa ‘Formação de Agentes Culturais de Itaberaba e do Território Piemonte do Paraguaçu’ (Facitepipa), que acontecerá em Itaberaba entre os meses de abril e junho, está com suas inscrições gratuitas abertas até 20 de março. Pessoas com mais de 16 anos podem participar. Para se inscrever basta ir à Secretaria de Cultura de Itaberaba ou enviar o pedido para os e-mails [email protected] e [email protected].

Esse projeto tem como proponente a Associação Maria Milza, do Povoado de Alagoas, em Itaberaba, e concorreu ao edital nº 04/2016, na modalidade Formação e Qualificação em Cultura, através do Governo do Estado da Bahia, via Secretaria de Cultura (Secult) e Secretaria da Fazenda (Sefaz). A ação do ativista cultural João Carlos Santos, tem ainda o apoio da administração municipal ‘Cidade de Todos’, do prefeito Ricardo Mascarenhas (PSB), via Secretaria Municipal de Cultura.

O ativista cultural João Carlos Santos é autor do projeto | FOTO: Divulgação |

Durante a formação haverá cursos sobre elaboração de projetos, compreensão sobre legislação no setor cultural, difusão e compartilhamento de conhecimentos, noções sobre políticas culturais e financiamentos dos setores federais, estaduais e municipais, sobre como estimular a atitude empreendedora, dentre outros temas importantes. Moradores de municípios próximos, como Boa Vista do Tupim, Iaçu, Ibiquera, Itatim, Lajedinho, Miguel Calmon, Rafael Jambeiro e Ruy Barbosa podem participar do programa.

O ativista cultural e autor do projeto João Carlos Santos, além de outras formações profissionais, é especializado em Gestão Cultural, onde no ano de 2013 a 2016 participou do curso intensivo do ‘Programa de Capacitação em Gestão de Projetos e Empreendimentos Criativos’, promovido pelo Ministério da Cultura (MinC), por intermédio do Senac (DF), da Secretaria de Fomento e Incentivo à Cultura (Sefic) e da Secretaria da Economia Criativa (SEC). Foram 12 mil inscritos, 5 mil aprovados e apenas 200 conseguiram passar pelas quatro fases do plano em todo o Brasil.

Jornal da Chapada

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

1 Comentário Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.