#FSM2018: Lula diz que no judiciário não tem ninguém mais honesto que ele

Postado em mar 16 2018 - 2:09pm por Jornal da Chapada
lula2

Lula sugeriu que os juristas deveriam fazer um ‘cursinho’ de política para entender como funciona o processo político | FOTO: Divulgação/Facebook |

A participação do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva no Fórum Social Mundial 2018, em Salvador, esta semana, foi contundente. Lula, que também participou da Assembleia Mundial das Democracias, em Pituaçu, chegou a afirmar durante sua fala que não tem ninguém no Poder Judiciário que seja mais honesto do que ele. “A única coisa que reivindico é que seja julgado o mérito, que eles leiam o processo. E se apresentarem uma vírgula de crime eu tenho que ser condenado. Agora, se eu não cometi crime, a bem desse país, esses meninos que pensam que são os donos da verdade, deveriam ser exonerados do serviço público”, afirmou o ex-presidente. “Não há no Poder Judiciário ninguém mais honesto do que eu”, frisa.

Lula sugeriu que os juristas deveriam fazer um ‘cursinho’ de política para entender como funciona o processo. “Eu sou vítima de uma mentira do jornal O Globo. Essa mentira do Globo se tornou em um inquérito mentiroso da Polícia Federal. Esse inquérito mentiroso da PF virou uma acusação mentirosa do Ministério Público. A acusação mentirosa do Ministério Público virou um julgamento mentiroso do Moro, e o julgamento mentiroso do Moro terminou numa outra mentira que foi o comportamento do TS4 em Porto Alegre, dizendo isso eu estou afrontando a Justiça”, afirma.

jonas1

Parlamentares fizeram um minuto de silêncio em homenagem à vereadora Marielle Franco | FOTO: Jonas Santos |

“Toda noite fico pensando: O que fiz de errado no Brasil? O que a Dilma fez de errado? O que Cristina Kirchner, Rafael (Correa, do Equador), todo mundo fez de errado? Foi garantir que o pobre fosse menos pobre, que tivesse acesso à universidade, garantir que ele pudesse ter emprego com carteira profissional assinada, garantir que o salário mínimo aumentasse por 12 anos, como foi durante nosso governo”, alfinetou Lula. Para ele, lutar por classes trabalhadoras, antes esquecidas, como a das empregadas domésticas, ou produtores rurais, é o motivo para o que chama de perseguição contra ele.

O político sugeriu que a classe política reaja ao que está acontecendo no país. “E eu estou insurgindo. Quando um procurador vai à televisão e diz que gostaria de autorização para invadir cada gabinete de deputado eu acho que a Câmara de Deputados deveria se insurgir e chamar esse menino para explicar o que estava dizendo. O que está insinuando”, afirmou Lula.

O ex-presidente disse ser preciso ter orgulho do que se faz e ter honra. “Se não andarmos de cabeça erguida, qualquer um destrói a classe política brasileira”. Reiterando ter um caráter reto, ele falou sobre a mãe. “Tudo o que aprendi na minha vida foi a partir de uma senhora que nasceu e morreu analfabeta. E eu aprendi com ela que caráter a gente não compra em shopping, não tem em padaria, nem em supermercado. É uma coisa de educação, de berço. Eu tenho caráter, tenho honra”, disse. “Não quero nenhum favor. Fui o presidente que mais indicou ministro da Suprema Corte. Nunca liguei para nenhum pedindo favor e vou morrer sem pedir”, finalizou.

Jornal da Chapada

Vídeo da participação de Lula em ato de defesa da democracia em Pituaçu

Vídeo completo da passagem de Lula pela Alba

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.