Chapada: VJ fará projeções no palco do Festival de Lençóis; Maria Rita, Saulo e Àttooxxá são atrações

Postado em maio 21 2018 - 7:02pm por Jornal da Chapada
capa23

O cenário do palco vai ganhar movimentos com imagens e músicas que dialogam com a cidade de Lençóis pelo VJ Gabiru | FOTO: Divulgação |

Se na última edição do Festival de Lençóis o VJ Gabiru encantou o público com suas projeções de vídeos, este ano ele promete muito mais novidades que serão exibidas durante e nos intervalos dos shows que acontecem, de 31 de maio a 2 de junho, na Praça Horácio de Mattos. Em total harmonia com os casarios históricos, o cenário do palco vai ganhar movimentos com imagens e músicas que dialogam com a cidade de Lençóis, sua gente e com a natureza da Chapada Diamantina. Gabiru criou um set com imagens de natureza, arte e com muitas cores e formas, que serão exibidas no ritmo do nu jazz, jazz e world music.

Nesta 19ª edição, a música será a trilha da natureza, alegria e diversão na principal cidade da Chapada Diamantina. O Festival de Lençóis, um dos principais eventos do interior da Bahia, vai reunir artistas consagrados e da região durante três dias. A abertura, no feriado de Corpus Christi, na quinta-feira (31/5), terá shows de Saulo, Àttooxxá, Nátalia Cunha e Batéia de Renda e Ely Pinto (Tributo a Raul Seixas). Na sexta (1º/6), o palco principal recebe Maria Rita, The Baggios, Banda Sete Vezes (Tributo ao O Rappa) e Trotta Mundo. Já no sábado (2/6), o evento encerra com as apresentações de Jau, Banda Zion, Banda Spectro, Família Grão de Luiz e Griô e Zion. A entrada é franca.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Davi Cavalcanti, conhecido como VJ Gabiru, é um artista multimedia, DJ, fotógrafo e videomaker. O seu trabalho estabelece as conexões de imagens em sintonia com música, que enchem os olhos com a sua explosão de cores em gráficos. “Gosto de explorar a natureza anamórfica das imagens desconstruindo-as num universo de cores e gráficos, através das referências da cultura de massa com o caldeirão étnico cultural do Brasil”, explica.

Conhecido da cena eletrônica, ele já trabalhou dentro e fora do Brasil, como Festival Universo Paralello, Montemapu Festival (Chile) e Trance Vibrations (DF), além de eventos musicais, como o projeto Afrobossanova, com Paulo Moura e Armandinho; o Phoenix jazz Festival (Praia do forte); e os Concertos Populares da Orquestra da Ufba. As informações são de assessoria.

Leia também

Chapada: Festival de música atrai turistas e movimenta comércio no município de Lençóis

Chapada: Programação do Festival de Lençóis é divulgada; Maria Rita, Saulo e Àttooxxá na grade

Chapada: Festival de Lençóis retorna a todo vapor com Maria Rita, Saulo e Àttooxxá; saiba mais

Chapada: Festival de Lençóis é adiado e agora será entre 31 de maio a 2 de junho de 2018

Programação completa de 2018:
Quinta-feira (31)
19h30/20h30: Natália Cunha e Batéia de Renda
21h/22h: Àttooxxá
22h30/24h: Saulo
24h30/1h30: Ely Pinto (Tributo a Raul Seixas)

Sexta-feira (1º)
19h30/20h30: Trotta Mundo
21h/22h: Tha Baggios
22h30/24h: Maria Rita
24h30/1h30: Banda Sete Vezes (Tributo ao Rappa)

Sábado (2)
19h30/20h30: Família Grão de Luz e Griô
21h/22h: Banda Spectro
22h30/24h: Jau
24h30/1h30: Banda Zion

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

1 Comentário Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.