CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolítica

Chapada: Geraldo Azevedo se manifesta contra Bolsonaro e critica Mourão: ‘Era um dos torturadores’

Preso na ditadura, o cantor disse que o Brasil vai ficar muito ruim se Bolsonaro ganhar as eleições | FOTO: Divulgação |

O cantor e compositor pernambucano Geraldo Azevedo se manifestou contra Jair Bolsonaro (PSL) e seu vice, general Hamilton Mourão, na sua participação no Festival EcoArte Itaitu, em Jacobina, na Chapada Norte, no último sábado (20). “Olha, é uma coisa indignante, cara. Eu fui preso duas vezes na ditadura, fui torturado, você não sabe o que é tortura não. Esse Mourão era um dos torturadores lá”, declarou o artista.

“Eu fico impressionado. O povo brasileiro não prestar atenção nas evoluções humanas. Olha, eu não sei se isso aqui vai entrar em algum choque com a prefeitura, coisa e tal, mas é o meu sentimento de indignação em relação com o que pode acontecer com o Brasil”, acrescentou o músico, ganhando aplausos da plateia.

“E essa alegria toda que está tendo aqui vai se perder, vocês estão sabendo disso. O Brasil vai ficar muito ruim se esse cara ganhar”, finalizou Geraldo Azevedo, emendando com a canção ‘Sétimo Céu’, que tem versos como ‘Pois quem tem amor/ Pode rir ou chorar’. Jornal da Chapada com informações do site Bahia Notícias.

Veja o vídeo aqui…

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas