Chapada: Comissão aprova intervenções da prefeitura de Itaberaba no Parque do Horto onde acontece a ExpoParaguaçu

Postado em fev 9 2019 - 2:22pm por Jornal da Chapada

Este ano, a Feira promete ser uma das maiores de todos os tempos, a começar pelo novo espaço que, como o dobro do tamanho, deve aumentar o número de expositores | FOTO: Divulgação/Secom |

Dentre as muitas atrações que farão parte da 3ª ExpoParaguaçu 2019, uma das mais esperadas é a exposição de cavalos da raça Campolina que, pelo porte nobre, as formas harmoniosas e os traços curvilíneos, tornam o Campolina um cavalo único. Uma comissão especial da Campolina Bahia (ACCCBA) visitou, na última sexta-feira (8), o Parque do Horto de Itaberaba, na Chapada Diamantina, para conhecer o espaço onde o evento vai ser realizado, entre os dias 20 e 24 de março.

Este ano, a Feira promete ser uma das maiores de todos os tempos, a começar pelo novo espaço que, como o dobro do tamanho, deve aumentar o número de expositores. A 3ª ExpoParaguaçu 2019 abrigará, além da Feira de Animais de Alta Genética, a 3ª Feira Territorial da Agricultura Familiar, a 3ª Feira de Aves e Pequenos Animais e o I Festival Gastronômico do Piemonte do Paraguaçu, além da 1ª etapa da Copa de Páscoa de Caprinos e Ovinos.

Participaram da visita, o secretário municipal Fabrício Martinez acompanhados pelos coordenadores municipais de Indústria e Comércio, Antônio Augusto Andrade Santos, de Vilas e Povoados, Roosevelt Abreu, além de Wilson Cardoso, que coordena o pavilhão de Gado de Leite da 3ª ExpoParaguaçu 2019. A comissão da Campolina Bahia foi formada pelo presidente da ACCCBA, Nilton dos Anjos, e pela primeira-secretária da Associação, Lúcia Miranda.

A comissão da Campolina Bahia fez diversas observações quanto à localização e dimensão das baias, do embarcadouro e da Pista de Prova, além do espaço onde serão realizados os Leilões | FOTO: Divulgação/Secom |

O grupo caminhou pelo Parque Horto por cerca de uma hora, observando detalhes da infraestrutura. Na oportunidade, a comissão da Campolina Bahia fez diversas observações quanto à localização e dimensão das baias, do embarcadouro e da Pista de Prova, além do espaço onde serão realizados os Leilões. Esta será a segunda participação da ACCCBA na Feira realizada em Itaberaba, com 60 animais para julgamento, comercialização e experimentação com test-drive.

O presidente da Campolina Bahia, Nilton dos Anjos, destacou que a mudança do local de realização da 3ª ExpoParaguaçu 2019 foi muito positiva porque, dentre outras razões, aproximou o evento da cidade, além de estar às margens de uma das mais importantes vias de escoamento do país, facilitando o acesso de diversas formas. “Com relação à estrutura, mesmo, está muito bem desenhada e planejada. Gostei muito. Eu acho que vai ficar um ‘show’, disse o presidente.

Atualmente, a Bahia conta com cerca de 350 criadores do cavalo campolina, ocupando a segunda colocação no ranking de criadores. Já em termos de rebanho, o estado figura entre os três melhores do país. A 3ª ExpoParaguaçu 2019 contará com 12 baias fixas, que já estão sendo construídas, além de cerca de 100 currais móveis para os cavalos.

“O campolina baiano vem ganhando destaque nacional. Para se ter uma ideia, dentre os dez melhores expositores brasileiro, quatro são baianos. A Bahia, hoje, é referência do campolina na ‘marcha picada’ no Brasil, contando seis expositores, dentre os dez melhores na categoria”, explicou Nilton dos Anjos que figura entre os dez melhores expositores do país.

O presidente da Campolina Bahia, Nilton dos Anjos, o secretário Fabrício Martinez, e o coordenador Antônio Augusto | FOTO: Divulgação/Secom |

Para o secretário municipal Fabrício Martinez (Seagri), é preciso destacar que Itaberaba, pela primeira vez, vai ter uma exposição ranqueada de equinos. Segundo ele, com a iniciativa pioneira da gestão Cidade de Todos, ganha o evento, o município e a região, além de explorar o potencial crescimento da raça no território. “Os cavalos campolina que participarão da 3ª ExpoParaguaçu deste anos, estarão concorrendo para o ranking nacional da raça, contando com expositores da Bahia e de outros estados”, disse Martinez.

O secretário afirmou, ainda, que as observações feitas pela comissão especial da Campolina Bahia serão prontamente atendidas. “A Campolina Bahia é muito exigente quanto aos locais de exposição e de competição dos cavalos da raça. Este ano nós estamos contando com a presença do presidente da Associação, Nilton dos Anjos, que veio nos auxiliar, com relação a isso, nos dando várias ideias sobre como solucionarmos alguns pontos que ainda precisam de atenção”, pontuou Fabrício.

A 3ª ExpoParaguaçu 2019 é uma realização da Prefeitura de Itaberaba, através da Secretaria Municipal de Agricultura, Meio Ambiente, Indústria e Comércio (Seagri), com o apoio do Governo do Estado da Bahia, através das secretarias estaduais da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (Seagri/Bahia), de Desenvolvimento Rural (SDR), além da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR).

Esta edição da Feira, que será realizada no Parque do Horto de Itaberaba, conta, ainda, com o apoio da Associação dos Criadores do Cavalo Campolina da Bahia (ACCCBA) e da Associação do Criadores de Caprinos e Ovinos da Bahia (ACCOBA) que, em parceria com Associação Brasileira de Santa Inês (ABSI), realizará a 1ª etapa da Copa de Pascoa 2019 durante a 3ª ExpoParaguaçu de Itaberaba. As informações são de assessoria.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.