CidadesCuriosidadesMenu PrincipalMundo

Rui rebate Bolsonaro em relação à atuação da PM na inauguração de aeroporto: “A PM tem mais o que fazer”

A medida foi criticada pelo presidente da República e rebatida pelo governador baiano nesta terça | FOTO: Montagem do JC/Divulgações |

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), vetou a participação da Policia Militar da Bahia (PM-BA) na segurança do evento de inauguração do novo aeroporto de Vitória da Conquista, nesta terça-feira (23), com a participação do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Em entrevista à rádio Metrópole, o governador afirmou que, como o evento de inauguração passou a ser um ato exclusivamente federal, cabe à Polícia Federal garantir a segurança.

“É mais um factoide do presidente. Ele vai descer do avião, dar 20 passos até o terminal e fazer o evento. Depois, dará mais 20 passos, sobe no avião e vai embora. Onde a Polícia Militar atuaria? Não posso pegar uma quantidade enorme de homens para fazer de conta. Se ele tem tamanho receio em um governo tão impopular, que até para saltar do avião ele tem medo, é melhor ficar em casa ou no gabinete”, afirmou o petista.

Fala de Bolsonaro sobre a PM da Bahia

Além da PF, foram convocadas, também, equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) com motos e viaturas, para garantir a segurança viária e dar fluidez ao trânsito em locais estratégicos ao longo das vias que dão acesso ao aeroporto, bem como agentes federais garantiram a segurança do presidente e convidados durante a solenidade oficial de entrega do aeroporto realizada dentro do novo terminal de passageiros.

Descontente com o formato da festa de inauguração, Rui Costa cancelou, nesta segunda-feira (22) sua participação na inauguração do aeroporto e afirmou que Bolsonaro estimula o racismo. “A medida anunciada é para excluir o povo da inauguração, fazer uma inauguração restrita a poucas pessoas, escolhidas a dedo como se fosse uma convenção político-partidária. Não posso concordar com isso”, afirmou o governador.

A medida foi criticada pelo presidente Jair Bolsonaro, no Twitter: “Lamentável a decisão do governador da Bahia que não autorizou a Polícia Militar para a nossa segurança. Pior ainda, passou a responsabilidade de tal negativa ao seu Comandante Geral”. Costa disse que o aeroporto é distante da cidade, está fechado pelo Exército há dias, com tapumes e arame farpado, e que a PM não tem acesso à segurança do aeroporto.

Resposta de Rui Costa a Bolsonaro

“A PM não vai porque não tem o que fazer, nem tem acesso à área interna do aeroporto, está tudo cercado. A PM tem mais o que fazer, dar segurança à população. Se ele fosse na cidade, na rua, aí sim caberia à PM atuar. Só tem um risco, o de ataque aéreo, mas aí a PM não tem ferramentas para combatê-lo”. Diante de um cenário polêmico, e uma semana agitada por entregas de obras e defesa da Bahia e do Nordeste no contexto nacional, Rui Costa promete “aquecer” o clima do encontro semanal que mantém com os internautas em seu programa ao vivo desta terça-feira (23), nas redes sociais do governador, a partir das 19h.

O #PapoCorreria será transmitido nos perfis oficiais de Rui Costa no Facebook e Instagram, além da página do programa no YouTube. Como acontece em todas as edições, Rui Costa vai responder às perguntas dos internautas ao vivo, sobre os mais variados assuntos, e adiantar algumas entregas que serão realizadas nos próximos dias, fechando o mês que ele mesmo já chamou de ‘Julho Correria’. Jornal da Chapada com informações da Revista Época e Folha de São Paulo.

Entrevista de Rui Costa na rádio Metrópole

Leia também

#Vídeos: Com ausência de Rui, Bolsonaro dá palanque a ACM Neto e diz que o prefeito será o novo presidente

Novo aeroporto de Conquista é mais uma alternativa para quem quer chegar à Chapada Diamantina

Etiquetas
Mostrar mais

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Pular para a barra de ferramentas