CidadesCuriosidadesMenu Principal
Trending

“A luta contra a injustiça é uma luta humana”, diz deputado em reflexão ao Dia da Consciência Negra

Jurailton que também é vice-presidente da Comissão Especial da Promoção da Igualdade, na Assembleia Legislativa da Bahia explica que por muito tempo no Brasil, a cor foi um fator divisor de águas nas relações sociais.

No Dia da Consciência Negra, o republicano Jurailton Santos destaca a relevância da data, que é celebrada em todo território nacional, no dia 20 de novembro. Símbolo da resistência contra a escravidão, o dia marca a morte de Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares e relembra a importância de refletir sobre a posição dos negros na sociedade.

Jurailton que também é vice-presidente da Comissão Especial da Promoção da Igualdade, na Assembleia Legislativa da Bahia explica que por muito tempo no Brasil, a cor foi um fator divisor de águas nas relações sociais. “Por muito tempo, os negros foram excluídos das riquezas e do progresso nacional. Porém, as atuais conquistas da população negra atestam que caminhamos rumo a um futuro menos desigual e justo”, reforça o deputado.

Nesse sentido, o parlamentar afirma que ele é uma prova de que é possível superar as desigualdades enraizadas no país. “Eu mesmo, negro, filho de pescador e neto de marisqueira, natural da Ilha de Vera Cruz-BA, sou a prova de que vivemos novos tempos, em que a cor deixa cada vez mais de definir quem somos”, disse. Além disso, o deputado acrescenta que a luta do negro por dignidade e respeito é também a do branco, do pardo e amarelo. “A luta contra a injustiça é uma luta humana”, finaliza o republicano. As informações são de assessoria.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas