CidadesCuriosidadesEducaçãoMenu Principal
Trending

Chapada: Novo Horizonte se destaca entre os municípios baianos com diferenciado projeto de educação

Educadores, coordenadores e gestores da Rede Municipal de Educação se reuniram na última sexta-feira, dia 13 de dezembro, para elaborar o Projeto Político Pedagógico e a proposta curricular das unidades escolares do ano letivo de 2020.

Durante o ano letivo de 2019, estudantes e profissionais da Educação do município de Novo Horizonte vivenciaram uma verdadeira revolução em suas bases e diretrizes. Contando com um projeto de educação diferenciado, a Rede Municipal de Educação assumiu e cumpriu o compromisso de empreender ações concretas, no cumprimento da sua missão de assegurar educação de qualidade para as crianças e adolescentes que integram a sua Rede, englobando saberes que garantam a sustentabilidade do planeta e a concretização dos direitos humanos, entre outros propósitos correlatos. E para fechar o ano com chave de ouro, educadores, coordenadores e gestores da Rede Municipal de Educação se reuniram na última sexta-feira, dia 13 de dezembro, para elaborar o Projeto Político Pedagógico e a proposta curricular das unidades escolares do ano letivo de 2020.

Construído de forma colaborativa, sob a coordenação da Prose7e, o projeto de educação engloba os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), pactuados na Agenda 2030 pelos países membros das Nações Unidas (ONU) e que vem ganhando amplitude mundial, à medida em que é incorporado em importantes projetos das mais diversas áreas do conhecimento. Assim, durante todo o ano letivo de 2019, as unidades escolares da Rede Municipal de Educação de Novo Horizonte já incorporaram este conteúdo no desenvolvimento dos seus currículos e práticas pedagógicas, ganhando amplitude ainda maior a partir de maio, quando aconteceu a assinatura oficial de adesão aos ODS, com a presença de prefeitos das cidades vizinhas, representantes de importantes instituições como a Cooperativa Garimpeiros Novo Horizonte e a Agência Nacional de Mineração, além de Eduardo Athayde, diretor do WWI-Worldwatch Institute no Brasil.

Localizado na região da Chapada Diamantina da Bahia e conhecido por suas riquezas minerais como o cristal de rocha, barita, quartzo rutilado, ferro e ouro, além de ser um dos maiores produtores de alho do Nordeste, o município de Novo Horizonte vem buscando, na prática, o fortalecimento da economia local, a preservação dos recursos naturais e a sustentabilidade ambiental, bem como a erradicação da pobreza, geração de emprego e renda e melhoria da qualidade de vida das pessoas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

“A partir do momento que municípios integram uma rede internacional, dentro da visão da economia digital que nós vivemos hoje, com a velocidade do conhecimento, ele deixa de ser um município do interior de qualquer ponto, nesse caso do interior da Bahia, e passa a ser um ponto do planeta. Aderindo aos ODS, Novo Horizonte passa a conversar com municípios de todo o mundo, numa linguagem internacional, com uma senha internacional, e isso é muito importante porque abre o canal para receber novos conhecimentos, dialogando com outras inteligências do mundo inteiro”, pontua Eduardo Athayde.

“Os resultados já obtidos são animadores e estamos confiantes de tudo de positivo que vem pela frente para que possamos continuar trabalhando pela nossa gente”, pontua o prefeito Djalma Abreu dos Anjos, que também é professor, licenciado em Matemática, que assumiu como ação estratégica de seu governo, a necessidade de um Projeto de Educação amplo e diferenciado para a Rede Municipal de Ensino de Novo Horizonte.

“Novo Horizonte está empenhada e comprometida com os resultados em favor sustentabilidade do planeta. Há muito afeto envolvido em toda essa construção e estamos felizes de ver a Educação de Novo Horizonte se tornar mais potente e com novas perspectivas de futuro”, pontua a secretária de Educação, Idenilde Oliveira. Para conhecer os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), integrados e indivisíveis, que buscam o equilíbrio das três dimensões do desenvolvimento sustentável, que são a econômica, a social e a ambiental, basta acessar o site: http://www.agenda2030.com.br/. As informações são de assessoria.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios