Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal
Trending

#Polêmica: Bolsonaro volta a atacar a imprensa e pede para “deixar o governo em paz”

"Comecem a produzir verdades porque só a verdade pode nos libertar. Essa imprensa, não tomarei nenhuma medida para censurá-los, mas tomem vergonha na cara!", brada o presidente.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a atacar a imprensa nesta quinta-feira (17). Em discurso no Palácio do Planalto, ele pediu para a imprensa “tomar vergonha na cara”. “Essa imprensa que está aqui agora me olhando, estou sob suas lentes. Comecem a produzir verdades porque só a verdade pode nos libertar. Essa imprensa, não tomarei nenhuma medida para censurá-los, mas tomem vergonha na cara! Deixem nosso governo em paz para poder levar paz, tranquilidade e harmonia ao nosso povo”, disparou, sendo aplaudido pelo público presente.

Na ocasião, o presidente ainda voltou a atacar o livro “Tormenta – o governo Bolsonaro: crises, intrigas e segredos”, da jornalista brasileira Thaís Oyama, mas que para o chefe na nação é japonesa e traz uma série de revelações sobre o primeiro ano do atual governo.

Conforme ele, “a nossa imprensa tem medo da verdade, deturpa o tempo todo. Quando não conseguem deturpar, mentem descaradamente. E esse livro dessa japonesa, que eu nem sei o que faz no Brasil, que faz agora contra o governo. São aqueles que o tempo todo trabalham contra a democracia, contra a liberdade”. As informações são do Política Livre.

Leia também

#Polêmica: Secretário da Cultura de Bolsonaro cita discurso de ministro da Propaganda Nazista e é demitido

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios