Pular para a barra de ferramentas
CidadesCulturaCuriosidadesEconomiaMenu PrincipalTop
Trending

#Polêmica: Área de preservação ambiental da Chapada Diamantina pode sofrer redução de 70% com novo traçado

No levantamento recente, o Parque Municipal do Boqueirão, em Palmeiras, perde o equivalente a 100 campos de futebol.

O novo cálculo realizado há menos de um mês reduz quase 70% da área de preservação ambiental conhecida como Parque Municipal do Boqueirão, no Vale do Capão, zona rural de Palmeiras, na Chapada Diamantina. Conforme informações do site Correio 24h, a empresa Mais Ambiente aponta ter sido contratada pela gestão municipal e confirmou o corte, mas disse que a área reduzida no projeto fazia parte, na verdade, do Parque Nacional da Chapada Diamantina.

O espaço protagoniza a maior disputa recente da história da região, devido à ocupação de acusados de grilagem nos limites do Parque – que tem, hoje, 153 hectares, e pode ficar com 52. O receio de nativos e moradores é de que tenha sido aproveitado o contexto da pandemia de covid-19 para solicitar uma recontagem do local. No levantamento recente, o Boqueirão perde o equivalente a 100 campos de futebol.

Em setembro de 2109, o Correio 24h denunciou um nativo, identificado como José Mariano Batista de Souza (veja aqui), acusado de cercar a área pública para comprovar posse, ameaçar a vizinhança – chegou a cortar o abastecimento de água em uma comunidade chamada Campina -, promover incêndio, ser multado por crime ambiental e não comprovar, efetivamente, ser dono da propriedade dentro do Boqueirão. Ele mora em uma casa à oeste do Parque.

Leia a matéria na íntegra acessando aqui

Jornal da Chapada

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios