CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolíciaTop
Trending

#Brasil: Amiga da esposa de Bolsonaro, Flordelis entrega à Justiça passaporte diplomático concedido pelo presidente

Deputada acusada de ser mandante do assassinato do próprio marido foi agraciada pelo governo Bolsonaro, em 2019, com documento reservado a diplomatas e pessoas em missão internacional.

A deputada federal e pastora Flordelis, apontada pela Polícia Civil como mandante do assassinato do esposo, o pastor Anderson do Carmo, entregou à Justiça, nesta terça-feira (25), seu passaporte comum e o diplomático. “A defesa vem em obediência fazer a entrega do passaporte comum e diplomático. Tão logo tomamos conhecimento, aqui estamos para fazer a devida entrega”, disse a defesa da parlamentar, que está proibida pela Justiça de sair do país.

Flordelis foi agraciada pelo governo Bolsonaro com um passaporte diplomático em 2019, e o documento tem validade até 2023. Este tipo de passaporte, normalmente, é concedido a integrantes do corpo diplomático brasileiro e pessoas envolvidas em missões internacionais – o que não era o caso da pastora.

Além do passaporte diplomático, a “intimidade” de Flordelis com a família presidencial pode ser observada nos encontros privados entre ela e a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, e também nas inúmeras postagens que ela fazia se mostrando “próxima” ao presidente. Michelle Bolsonaro, inclusive, já chegou a se referir a Flordelis, nas redes sociais, como “amada irmã em Cristo”.

Dupla ‘Cheque e Mate’
Uma foto de Flordelis ao lado da primeira-dama Michelle Bolsonaro ganhou as redes sociais nesta segunda-feira (24). A dupla tem o nome envolvido em investigações e ganhou até apelido.

Flordelis foi acusada pela Polícia Civil do Rio de Janeiro nesta segunda-feira (24) de ser a mandante do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo. A parlamentar é acusada de homicídio triplamente qualificado, associação criminosa, uso de documentos falsos e falsidade ideológica. Ela não foi presa por ter imunidade parlamentar.

Já Michelle voltou a ganhar os holofotes após o presidente Jair Bolsonaro ameaçar agredir um jornalista que o questionou sobre os depósitos na conta da primeira-dama que totalizaram R$ 89 mil. Nas redes a dupla virou “cheque e mate” e Flordelis ganhou até encarte de “palestra”: “Como colocar seu marido nos braços de Jesus”. A redação é do site da Revista Fórum.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios