CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolíticaTop
Trending

#Chapada: Servidores da saúde de Mucugê ainda aguardam pagamento dos salários atrasados; sindicato pede esclarecimentos da nova prefeita

O sindicato pede, por meio de ofício, esclarecimentos de previsão do pagamento dos servidores, bem como informa das penalidades que podem ser aplicadas ao Poder Executivo caso não cumpra com os pagamentos dos servidores.

Está perto de completar um mês que os servidores da área de saúde do município de Mucugê, na Chapada Diamantina, aguardam pelo pagamento de seus vencimentos e remunerações, tais como salário e as férias proporcionais. O assunto já foi debatido em duas matérias realizadas pelo Jornal da Chapada (veja aqui e aqui). Dessa vez, o apelo vem do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde – o Sindsaúde-BA, que pede, por meio de ofício enviado à atual prefeita Ana Medrado (DEM), a popular ‘Dona Ana’, esclarecimentos de previsão do pagamento dos servidores. A entidade também informa das penalidades que podem ser aplicadas ao Poder Executivo caso não cumpra com o pagamento dos servidores.

A carta menciona a importância desses profissionais durante a crise sanitária vivida no município e que um atraso salarial representa mais um desgaste para a classe. “Vale ressaltar que a crise sanitária enfrentada pela população em razão da pandemia do coronavírus, atribui aos profissionais de saúde o papel heróico de cuidar e preservar a saúde e o bem-estar de todos. As consequências, por sua vez, refletem nos desgastes físicos e emocionais já experimentados por estes. Logo, nada mais justo senão dignificar os referidos servidores com o pagamento daquilo que lhes é devido”, completa a carta.

Segundo áudios enviados por leitores do jornal, o ex-prefeito Manoel Luz (PSD) explicou a um servidor que “o pagamento não caiu porque não conseguiu gerar remessa no banco, mas deixamos tudo empenhado e Ana paga agora em janeiro”. Ele ainda aponta que trata-se de um débito do município e que o mesmo será pago. Um servidor do município informa que “o prefeito deixou empenhado, mas a situação que ele deixou o município todo revirado não temos certeza de receber”.

A reportagem entrou em contato com a presidente do Sindsaúde, Ivanilda Souza Brito. Ela ressaltou que “infelizmente os municípios fazem muita politicagem. Quando ela [Ana Medrado] saiu também deixou salário sem pagar, agora ele [Manoel Luz]. A folha está empenhada e a prefeita tem por obrigação realizar o pagamentos dos servidores. Nós, do Sindsaúde-BA, encaminhamos ofício à prefeita cobrando uma solução para amenizar a angústia dos trabalhadores. Até agora não houve retorno”.

O Jornal da Chapada entrou em contato com a prefeita do município de Mucugê, Ana Medrado, em um número disponibilizado, mas até o fechamento da matéria ela não respondeu as mensagens e nem atendeu ligações. Confira aqui a íntegra do documento do sindicato…

Jornal da Chapada

Leia também

#Chapada: Funcionários de Mucugê acusam ex-prefeito de não ter pagado salários no término do mandato; acusações são rebatidas

#Chapada: Servidores da saúde denunciam atraso de salários e prefeito anistia parente de dívida em Mucugê

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios