CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolíciaTop
Trending

#Chapada: Imagem mostra momento que o chefe da Guarda Municipal de Canarana é assassinado

Fabrício Rocha e outro homem andavam em uma das praças públicas, quando um carro se aproxima e a vítima é atingida por diversos tiros e cai ao chão.

Um crime chocou a população de Canarana, na Chapada Diamantina. Um homem conhecido por Fabrício Rocha foi morto a tiros enquanto trabalhava em uma praça do município, por volta das 10h do domingo (28). Ele era chefe da Guarda Municipal de Canarana. Conforme informações da 14ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), três homens chegaram em um carro e atiraram contra ele. Fabrício, que estava na companhia de outro guarda, morreu no local. Não há informações sobre a motivação do crime e nem sobre suspeitos.

Em uma imagem publicada pelo site Irecê Repórter, o momento do crime foi registrado. Rocha e outro homem andavam em uma das praças públicas, quando um carro se aproxima e a vítima atingida por diversos tiros e cai ao chão. No veículo, é possível visualizar o motorista e o executor do crime. O veículo foi encontrado momentos depois, completamente queimado.

Em nota publicada pela prefeitura de Canarana, o prefeito Zeni Dourado (PL) lamentou a morte do líder da guarda municipal. “Com um imenso pesar recebi a notícia do falecimento de Fabrício Rocha Dourado, chefe da Guarda Municipal de Canarana. Fabrício foi um companheiro de muitos momentos, querido pela sociedade de Canarana, nos deixou na manhã de hoje. Rogo a Deus que cuide bem da família e dos filhos que ele deixa e que dê consolo ao coração de todos. Que possamos guardar as boas lembranças, a alegria e o sorriso de Fabrício sempre conosco”, diz o gestor.

A administração municipal decretou luto de três dias no município. “Na segunda-feira [1º março], os órgãos da administração municipal estarão fechados, funcionando apenas os serviços de saúde e segurança. Terça e quarta [2 e 3 de março], os órgãos da administração funcionarão apenas em regime interno”, diz o comunicado publicado na página oficial da prefeitura nas redes sociais. Até o fim desta matéria, nenhum suspeito havia sido preso e não há informações oficiais sobre o que teria motivado o crime.

Jornal da Chapada

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios