CidadesCuriosidadesEditorialMenu PrincipalTop
Trending

#Vídeo: Ex-presidente Lula toma segunda dose da vacina contra o coronavírus e volta a defender imunização em massa

A vacinação do ex-presidente foi transmitida pelas redes sociais. Ele tinha tomado a primeira dose da vacina no dia 13 de março, também em São Bernardo do Campo.

O ex-presidente Lula, 75 anos, tomou a segunda dose da vacina contra o coronavírus na manhã do último sábado (3), em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. Lula foi vacinado por volta de 10h. A vacinação do ex-presidente foi transmitida pelas redes sociais dele. Após tomar a vacina, Lula fez uma ‘live’ lado do deputado federal e ex-ministro Alexandre Padilha (PT) e disse que tinha tomado a vacina do Butantan. Lula tinha tomado a primeira dose da vacina no dia 13 de março, também em São Bernardo do Campo.

“Eu quero mostrar ao querido povo brasileiro que eu acabo de tomar a minah segunda dose da vacina Coronavac. É importante frisar que é a vacina do Butantan. Estou seguro que em poucos dias estarei mais prevenido contra a Covid-19. Agora o que eu queria dizer que não é porque eu tomei a vacina que eu posso relaxar. Quem tomou a segunda dose tem que continuar utilizando mascara, continuar lavando as mãos, usando álcool em gele evitando aglomeração. A vacina é muito importante, mas tão importante quanto a vacina é a responsabilidade de cada homem e cada mulher desse país tem que ter ao se cuidar. Ao se cuidar você estará cuidando da sua família, do seu pai, da sua mãe, do seu filho, neto e amigos. nada de brincar e nada de duvidar desse vírus que a natureza impôs à humanidade. Eu digo que sempre que o Covid é uma guerra da natureza contra a comunidade talvez por conta da responsabilidade que os humanos tiveram durante tanto tempo com a questão ambiental”.

No mês passado, durante pronunciamento no Sindicato dos Metalúrgicos, Lula disse que tomaria a vacina. Na ocasião, ele concedeu uma coletiva de imprensa para falar sobre a anulação de todas as condenações relacionadas com a Lava Jato, após decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin.

“Semana que vem, se Deus quiser, eu vou tomar a minha vacina. Vou tomar a minha vacina. Não me importa de que país, não me importa se é duas ou uma só, sabe? Eu vou tomar minha vacina e quero fazer propaganda pro povo brasileiro: não siga nenhuma decisão imbecil do presidente da república ou do ministro da saúde. Tome vacina. Tome vacina porque a vacina é uma das coisas que pode livrar você do Covid. Mas mesmo tomando vacina, não ache que você possa tomar a vacina e já tirar a camisa, ir pro boteco, pedir uma cerveja gelada e ficar conversando, não! Você precisa continuar fazendo o isolamento, e você precisa continuar usando máscara e utilizando álcool em gel. Pelo amor de Deus, esse vírus, essa noite, matou quase 2 mil pessoas”.

Leia também

#Vídeos: Lula recebe a primeira dose da vacina contra a covid e fala em vencer “o monstro chamado coronavírus”

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios