CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolíciaTop
Trending

#Chapada: Deputada do PT quer a instalação de Delegacia de Atendimento à Mulher no território chapadeiro

Devido aos movimentos de mulheres e feministas, a violência contra a mulher passou a ser tratada como um problema social.

A deputada estadual Neusa Cadore (PT) apresentou, na última terça-feira (6), indicação ao governador Rui Costa (PT), por meio da Secretaria de Segurança Pública (SSP), solicitando a instalação da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) no Território Chapada Diamantina.

Devido aos movimentos de mulheres e feministas, a violência contra a mulher passou a ser tratada como um problema social. A Bahia conta com 15 Deam’s e um conjunto de mecanismos de enfrentamento à violência. Apesar disso, o estado foi o terceiro do país em número de feminicídios em 2020, conforme levantamento anual feito pela Rede de Observatório da Segurança.

A deputada petista Neusa Cadore | FOTO: Divulgação |

Neusa Cadore explica que a indicação é um pedido das lideranças femininas do Território Chapada Diamantina, em razão do aumento da violência contra as mulheres. “Não há nenhuma Delegacia de Atendimento à Mulher nessa região e representantes de vários municípios têm se reunido para cobrar políticas públicas nessa área, inclusive com a realização de um abaixo-assinado endereçado às autoridades”, destaca a parlamentar.

Território Chapada Diamantina
Situado no centro do estado, o Território Chapada Diamantina compreende uma população total de 376 mil habitantes, entre os municípios de Abaíra, Andaraí, Barra da Estiva, Boninal, Bonito, Ibicoara, Ibitiara, Iraquara, Itaetê, Jussiape, Lençóis, Marcionílio Souza, Morro do Chapéu, Mucugê, Nova Redenção, Novo Horizonte, Palmeiras, Piatã, Rio de Contas, Seabra, Souto Soares, Utinga e Wagner. As informações são de assessoria.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios