CidadesCuriosidadesEditorialMenu PrincipalTop
Trending

Elevação do Fundo Eleitoral no Senado teve voto favorável de Coronel, Wagner foi contra e Otto não participou de votação

O texto aprovado prevê déficit de R$ 170,47 bilhões para o orçamento, e Fundo Eleitoral ampliado de R$ 2 bilhões para mais de R$ 5,7 bilhões.

O Congresso Nacional aprovou, na última quinta-feira (15), o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2022. Na Câmara foram 278 votos favoráveis e 145 contrários.

Já no Senado, o placar foi de 40 votos a favor e 33 votos contrários. O texto aprovado prevê déficit de R$ 170,47 bilhões para o orçamento, e Fundo Eleitoral ampliado de R$ 2 bilhões para mais de R$ 5,7 bilhões.

Além da bancada baiana na Câmara, este Política Livre também fez um levantamento com os senadores do estado em relação à votação. Angelo Coronel (PSD) votou de forma favorável, enquanto Jaques Wagner (PT) foi opositor à proposta.

Com licença médica, o senador Otto Alencar (PSD) não votou já que se recupera da Covid-19. O texto agora segue para sanção presidencial. A redação é do Política Livre.

Etiquetas

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios