CidadesCuriosidadesEconomiaMenu PrincipalTop
Trending

#Brasil: Com grande potencial, parques brasileiros podem gerar aproximadamente um milhão de empregos no país

Parques são importantes vetores para a recuperação das atividades turísticas no Brasil, aponta pesquisa.

Com grande potencial para gerar riqueza ao país, de maneira sustentável, os parques brasileiros podem gerar aproximadamente um milhão de empregos no país. Eles são importantes vetores para a recuperação das atividades turísticas no Brasil, de acordo com estudo do Instituto Semeia, produzido pela consultoria internacional BCG.

Enquanto o Brasil ocupa a segunda posição no mundo no que diz respeito a seu patrimônio natural, a participação do ecoturismo em parques no PIB nacional é de cerca de 0,14%.

Já o turismo como um todo representa apenas 7,7% de todas as riquezas produzidas no país, evidenciando que o potencial turístico dos recursos naturais brasileiro, embora reconhecido internacionalmente, apresenta pequenos impactos para economia nacional.

Conforme estudo, os parques nacionais e estaduais receberam cerca de 13 milhões de visitantes em 2019. Contudo, este número poderia ser maior, visto que se estima que os parques brasileiros poderiam receber 56 milhões de visitantes, entre turistas nacionais e estrangeiros.

Alguns dos fatores que fazem o Brasil ter uma posição de destaque no cenário mundial em termos potencial são: diversidade de sua vida selvagem, a atratividade dos ativos ambientais e a quantidade de Patrimônios Naturais da Humanidade.

De acordo com o diretor-presidente do Instituto Semeia, Fernando Pieroni, o patrimônio natural pode ser melhor utilizado dentro de uma estratégia de desenvolvimento sustentável para o país. “Nessa estratégia, nossos parques podem ser os grandes vetores do desenvolvimento, muitas vezes em regiões afastadas dos grandes centros urbanos”, complementa Pieroni.

Com o crescimento de visitantes, há ampliação nos gastos totais dos ecoturistas na região dos parques, uma vez que se aumenta também a demanda por alimentação, hospedagem, passeios guiados e outros serviços turísticos.

Portanto, o estudo evidencia que os resultados desse impacto na economia podem representar 978 mil postos de trabalho vinculados à visitação de parques naturais no país. O estudo ‘Quando Vale o Verde’ sugere geração de cerca de 22 mil empregos a cada R$1 bilhão de impacto dos parques no PIB.

O impacto total no Produto Interno Bruto do país é estimado em R$44 bilhões – ou 0,61% do PIB, em valores de 2019, – multiplicando em mais de quatro vezes a participação dos parques na economia do país. Segundo o estudo, considerando um efeito multiplicador de 3,1 a 3,8 de cada real dispendido e considerando efeitos diretos, indiretos e induzidos desse dispêndio em parques sobre a atividade econômica nacional.

“O fortalecimento da gestão de nossos parques é fundamental para que possamos receber cada vez mais visitantes e ao mesmo tempo conservarmos a natureza para as próximas gerações”, ressalta Rodrigo Góes, coordenador de projetos do Instituto Semeia.

Jornal da Chapada

Etiquetas

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios