CidadesCuriosidadesMenu PrincipalMundo

Outro forte terremoto sacode o Chile; seis pessoas morreram no primeiro sismo

foto
Carros presos em escombros após terremoto de magnitude 8,2 atingir o Chile na noite de terça-feira | FOTO: Ivan Alvarado/Reuters |

Outro forte terremoto sacudiu o norte do Chile na noite desta quarta-feira (2), um dia após a região ser sacudida por um potente tremor de magnitude 8,2. O Instituto Geológico dos Estados Unidos (USGS) informou que o tremor desta noite atingiu magnitude 7,8. O terremoto, o maior de uma série de tremores secundários após o poderoso e mortal tremor de terça (1º) – que matou 6 pessoas no país -, ocorreu às 23h45, e foi localizado a 19 km ao sul do porto de Iquique, a uma profundidade de 20 km, de acordo com o USGS.

Cerca de 50 minutos antes, a região já havia sido atingida por um terremoto de magnitude 6,4, segundo o USGS. Não há, por enquanto, relato de danos ou vítimas. O Escritório Nacional de Emergência (Onemi), ligado ao Ministério do Interior chileno, decretou um alerta de tsunami para toda a costa e região norte chilenas. O Peru emitiu alerta de tsunami para toda a sua costa sul. O Onemi informou que ordenou a evacuação preventiva da zona costeira. Barcos da região pesqueira do Porto de Arica deixaram a área para fugir de possíveis grandes ondas.

A presidente do Chile, Michelle Bachelet, que foi a Arica nesta quarta e se hospedou em um hotel localizado perto do mar deve deixar a região. Como na noite anterior, muitas famílias deixaram rapidamente as cidades de Arica, Iquique e Antofagasta, além de outras comunidades. Elas só poderão retornar após liberação por parte do Onemi. Segundo o Serviço Geológico da Universidade do Chile, foram registrado nesta quarta mais de 100 réplicas – a maioria de magnitude 5 – após o poderoso terremoto de terça. Do Portal G1.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas