Chapada: Jacobina é a primeira da Bahia a usar parquímetros solares

chaada

O primeiro equipamento foi instalado na região central, na rua Senador Pedro Lago | FOTO: Reprodução/Junior Publich/Divulgação

A cidade de Jacobina, na região da Chapada Diamantina, é a primeira da Bahia a começar a usar parquímetros movidos a energia solar. Os equipamentos vão gerenciar 600 vagas de estacionamento rotativo na área central e a previsão é que o centro comece a implantar mais parquímetros a partir de outubro deste ano. Na Bahia, o município de Vitória da Conquista pode ser o segundo a ter sistema semelhante. Por meio de nota, a Secretaria de Mobilidade Urbana informou que está em andamento um processo de licitação para a implantação da tecnologia, com Zona Azul inicial, disponibilizando 900 vagas.

Necessidade
O presidente da Associação Comercial e Industrial de Jacobina (Acija), Carlos Nisan Lima Silva, disse que o ordenamento do uso das vagas é uma necessidade urgente em Jacobina. “A falta de um local para estacionar prejudica muito as vendas da maioria dos estabelecimentos comerciais e pode ser decisiva entre o sucesso ou não de um empreendimento”. Ele acredita que os motoristas não devem reclamar do pagamento. “Acho que não teremos problemas, porque as pessoas já convivem com esta questão de falta de estacionamento e sentem na pele o que é rodar uma, duas, três vezes e desistir de estacionar, por não encontrar vaga”.

O primeiro dos 26 equipamentos já foi instalado na região central da cidade e vem despertando a atenção de quem circula pela rua Senador Pedro Lago, nas proximidades da agência do Banco do Brasil. Eles têm como diferencial o consumo de energia solar, captada por um painel instalado na parte superior. “Jacobina é um dos polos da Chapada Diamantina que atrai moradores de toda a região, tanto pelo comércio quanto pelos serviços oferecidos, o que faz dela uma cidade com trânsito difícil em horários comerciais”, disse o diretor de trânsito do Serviço Municipal de Tráfego e Transportes, Wagner Merlkart. A população do município chegou a 79.247 pessoas, no Censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Período
Merlkart explicou que o horário de funcionamento do sistema será de segunda a sexta, das 8h às 18h, e aos sábados, das 8h às 13h, com tempo máximo de parada em cada vaga de duas horas ao custo de R$ 1,50/hora. O período poderá ser fracionado com tempo mínimo de 30 minutos. O pagamento será feito com moedas e cartões pré-pagos adquiridos no autoatendimento nos parquímetros solares, pontos móveis (orientadores de trânsito) e lojas credenciadas. Extraído do jornal A Tarde.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.