Estado construirá mais nove frigoríficos no interior, inclusive na Chapada Diamantina

foto

Novos empreendimentos vão garantir carne saudável para a população baiana | FOTO: Divulgação/Heckel Junior |

Com prazo previsto de conclusão das obras para 240 dias os municípios de Araci, Valente, Itaberaba (Chapada Diamantina), Barra, Santa Rita de Cássia, Paramirim, Medeiros Neto, Itanhém e Iguaí terão novos matadouros frigoríficos, totalmente adequados às exigências da portaria 304 do Ministério da Agricultura. Com esse objetivo, o secretário estadual da Agricultura, Jairo Carneiro, assinou contrato com as construtoras Consilo Construções Eireli, Constric Engenharia, Cajazeira Construtora e Construtora Bahia Almeida, oportunidade em que também emitiu as ordens de serviços. As unidades serão modulares, com capacidade para abater 30/100 animais/dia e vão atender também as demandas de municípios que englobam a região onde serão instalados os empreendimentos.

Essas novas unidades somam-se às de Morro do Chapéu e Bom Jesus da Lapa, que já estão em processo de construção, e às de Valença e Remanso, cujas licitações já foram realizadas com sucesso, Essas unidades terão capacidade de abater 100 animais/dia. Para a construção desses 13 matadouros frigoríficos serão investidos cerca de R$ 26 milhões, e mais R$ 17 milhões para compra de equipamentos. Os recursos são do governo do Estado e do governo federal, através dos ministérios da Agricultura (Mapa), e Desenvolvimento Agrário (MDA).

Conforme destaca o secretário Jairo Carneiro, a construção dos matadouros frigoríficos é uma das mais importantes ações estruturantes do governo, que visa combater o abate clandestino e assegurar carne saudável ao consumidor. A Bahia possui hoje 33 frigoríficos e mais 20 estão em processo de construção (esses 13 de iniciativa do Estado e mais sete da iniciativa privada).

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.