CidadesCuriosidadesEconomiaMenu Principal

Chapada: Governo recupera estrada que liga os municípios de Abaíra e Jussiape

estrada
A rodovia, onde foram investidos R$ 33,2 milhões, liga o Circuito do Ouro ao Circuito do Diamante | FOTO: Reprodução/Secom/GOVBA |

Mais um trecho de quase 40 quilômetros da BA-148, que liga os municípios de Abaíra e Jussiape, na Chapada Diamantina, foi entregue pelo Governo do Estado nesta quarta-feira (29). A solenidade foi realizada nos dois municípios, com a participação de representantes do Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia (Derba), vinculado à Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), de prefeitos de várias cidades da região, e da população, que comemorou a entrega.

A rodovia, onde foram investidos R$ 33,2 milhões, liga o Circuito do Ouro ao Circuito do Diamante, e tem importância estratégica para o escoamento da produção agropecuária e para o desenvolvimento do turismo, atividades que são a base da economia local. O gerente de construções do Derba, Josias Dantas, informa que os moradores da região solicitavam a recuperação da estrada. “É uma rodovia que une a BR-242 até a BR-116, próximo a Livramento. A estrada beneficia também outros municípios, como Rio de Contas, Brumado, Piatã, Boninal, chegando até Seabra. Por isso é tão importante, principalmente para o desenvolvimento comercial”.

Desenvolvimento
O caminhoneiro Amarildo Joaquim dos Santos trabalha em uma distribuidora de combustíveis e entrega gasolina para os postos da região, transitando toda semana pela BA-148. Ele conta que até pouco tempo demorava até duas horas no trecho, e agora leva 45 minutos. “Antes tinha muita ponta de pedra. Já perdi pneu novo [e também] quebrava o feixe de molas. Agora está bom demais, principalmente para mim, que transporto combustível. É uma carga inflamável e perigosa. Então corro menos risco de sofrer acidente”.

O gerente de um posto de gasolina à margem da rodovia, Vivaldo Ferreira, confirma a importância da estrada para o desenvolvimento. “Melhorou cem por cento, porque pessoas que não passavam por esta estrada, que era muito ruim, agora vêm de Irecê, Seabra, até de São Paulo. Com o aumento do trânsito, melhorou o nosso faturamento”. Moisés Antônio de Souza é um dos clientes do posto. Ele trabalha com o transporte de mudas de plantas, no trecho entre Livramento e Seabra. “De Jussiape a Abaíra eram três horas de viagem. Agora [faço em] meia hora”.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas