CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

Governo baiano busca acertar cargos para o PR e o PP

foto
A articulação política do governo ainda busca acertar os ponteiros em relação aos cargos do segundo e terceiro escalão | FOTO: Reprodução |

A articulação política do governo ainda busca acertar os ponteiros em relação aos cargos do segundo e terceiro escalão, sendo o PP e o PR os partidos que mais têm pressionado por uma solução, segundo informações de bastidores. Esse tem sido alguns dos assuntos que estão na mesa do governador Rui Costa (PT), nos últimos dias. Consta que o chefe do Executivo baiano e o secretário de Relações Institucionais, Josias Gomes (PT), tentam encontrar uma saída para contemplar os insatisfeitos. O PR ainda não teve sua participação definida dentro da máquina administrativa e pleiteia a secretaria de Indústria e Comércio, que deve ter o seu comando deixado por James Correia nos próximos dias. A disputa de cargos pelo PP, do vice-governador João Leão, com o secretário teria sido o estopim para o anúncio pelo próprio sobre seu afastamento da pasta. Mas esses conflitos foram minimizados ontem por Josias, que descartou a tendência de a secretaria pertencer ao PR. Conforme o titular, outros postos estão sendo negociados.

O certo é que para o governo ainda não é oficial a mudança de titularidade em uma das pastas mais importantes da administração estadual. O secretário de Relações Institucionais negou que já esteja acertada a saída de James e reforçou que a questão está nas mãos do governador. “Primeiro que não tem uma decisão de saída de James e segundo que esta secretaria é do governador, da sua cota política”, afirmou. Segundo o secretário, outros espaços já foram separados para o PR. “Está praticamente tudo concluído”, disse, sem querer antecipar quais cargos seriam. Circularam informações de que seriam anunciadas para o PR, quatro diretorias: uma na (Conder), duas na Superintendência de Desenvolvimento Industrial e Comercial (Sudic) e uma na antiga na Cerb. Mas, o presidente estadual da sigla, o deputado federal João Carlos Bacelar, havia refutado. “Desconheço essa informação”.

O dirigente do PR teria surpreendido o governo ao dizer que a sigla ansiava pela pasta de James. “Oficialmente pleiteamos a Secretaria de Indústria e Comércio, já que o secretário James Correia que tem tantos serviços prestados ao estado, trazendo grandes investimentos e sendo o melhor secretário do governo Wagner, por questões pessoais deixará o cargo”, disse à reportagem da Tribuna esta semana. Bacelar reclamou que a gestão ainda não havia acertado a situação do PR e lembrou que o partido deu apoio integral à campanha do governador. Mas, Josias disse que já teria explicado a negativa referente à pasta para o presidente do PR. Nos bastidores políticos se questiona se a morosidade seria por parte do governo ou do partido, que poderia não estar satisfeito com as ofertas. Há uma semana, o secretário disse que o processo estava em fase de pré-conclusão. “Com o PR já está batido o martelo. As conversas estão adiantadas”, declarou Josias ao jornal Tribuna da Bahia.

A confusão em torno dos cargos, associada à briga do PP por mais indicações na Sudic, subordinada à Indústria e Comércio, também foi descartada pelo secretário. “Não tem nenhum problema, apenas os acertos de que das três diretorias da Sudic duas são do PP e uma do governo. Agora a questão é decidir qual fica com quem. Essa coisa é da política e quem decide é o governador”, restringiu. Na quinta-feira (9) mais uma vez a equipe de reportagem tentou contato com João Leão e demais dirigentes do PP sem resposta. Conforme a assessoria de imprensa, o vice-governador cumpre uma extensa agenda de viagens pelo interior baiano. Extraído da Tribuna da Bahia.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios