Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEconomiaMenu Principal

São Paulo: Fotógrafo faz registros inéditos da Chapada Diamantina e mapeamento folclórico da região

foto22
O profissional Rodrigo Galvão declara que o livro veio da necessidade de estar perto da natureza | FOTO: Rodrigo Galvão |

No próximo dia 16 de abril, o fotógrafo Rodrigo Galvão lança o livro e abre a exposição Chapada Diamantina – natureza, folclore e fé na Bahia, serão 23 fotos realizadas com polarizador, lente macro, grande angular e filtro ND graduado. A Mostra acontece de 16 até o dia 30 de abril no espaço Território da Foto, na localidade de Pinheiros, em São Paulo. A curadoria é do fotógrafo Gabriel Boieiras. Rodrigo declara que o livro veio da necessidade de estar perto da natureza, o gosto pela aventura e uma imensa curiosidade de conhecer a Chapada como um todo, tanto geograficamente, quanto culturalmente.

Foram 12 anos de pesquisas e visitas a região em busca de “fotos perfeitas”. O projeto teve início em 2005, sendo ainda selecionadas para o livro fotos produzidas a partir de 2001, ele passava seis meses na Chapada e voltava para São Paulo, sempre retornando ao local em diferentes épocas, o que o levou a conhecer mais profundamente a cultura local, uma diversidade de figuras humanas e pontos da região desconhecidos, totalmente fora do circuito turístico.

Leia também:
Epidemia na Chapada Diamantina fez cemitério ser erguido em montanha; conheça mais pontos turísticos
Chapada: Homem usa parafina e até fogo para limpar ouvidos de moradores no Vale do Capão
Chapada: Planta que deu origem ao papiro do Egito é abundante no Pantanal do Marimbus
Chapada: Cachoeira secreta em Itaetê encanta turistas de todo o mundo; Buracão é atrativo em Ibicoara
A Chapada Diamantina tem muito o que mostrar, diz jornalista José Raimundo

O diferencial do trabalho do fotógrafo são os registros folclóricos e religiosos pouco explorados na Chapada, unindo um conjunto de imagens do Brasil, mostrando assim o que é a região, sua natureza, folclore, religiosidade, cores e figuras humanas. “Foi muito interessante, aprendi muito com a simplicidade destes povos, ainda existem pessoas felizes vivendo apenas com o essencial para a vida, uma certa inocência em relação ao dinheiro, me abriu os olhos para uma vida mais simples e descomplicada”, declara Rodrigo.

foto1
A Igreja de Santana, no município de Rio de Contas | FOTO: Rodrigo Galvão |

Muitas histórias pitorescas aconteceram durante suas andanças pela Chapada, uma delas foi em uma região conhecida como a Mata do Cigano, onde soube da existência a partir de um livro sobre as APAS (área de preservação ambiental) da Bahia, Galvão queria a foto perfeita do local, mas segundo ele não foi nada fácil. Localizada numa região desconhecida pelos turistas, no oeste da Chapada, próxima a dois vilarejos cercados por belas montanhas e serras: os Catolés de baixo e de cima.

“Quando cheguei fui me informar na única pousada da região quem poderia me guiar e logo conheci o seu Raimundo, que me informou que seriam 3 horas de muita subida para ir e depois mais 2 horas e meia para voltar. Saímos com o sol a pino para chegar no momento certo, que seria a luz de final de tarde”. Tudo pela foto perfeita, mas nada feito, era verão e a posição do Sol não favoreceu, entrou atrás de uma montanha antes da hora e Rodrigo teve que voltar no inverno e assim fez por mais três vezes. Por duas ocasiões apesar do dia azul, justamente no final de tarde o tempo nublou. Só na quarta tentativa que conseguiu , em junho de 2009 , “foi só então que consegui a foto perfeita com a luz que eu queria, finalmente deu certo, dia azul e final de tarde fantástico, posicionei o Seu Raimundo sentado numa pedra contemplando à mata para compor a foto”, finaliza o Rodrigo Galvão.

O livro estará à venda por R$90,00 no Território da Foto durante a exposição e depois poderá ser encontrado nas Livrarias da Vila e Saraiva em São Paulo e na Livraria da Travessa no Rio de Janeiro. As fotos também poderão ser compradas a R$ 800,00 cada uma.

Sobre a artista
Nascido em São Paulo, capital se dedica a fotografia há mais de 15 anos e nos últimos 12 dedicou-se totalmente a este livro. Fez vários cursos de fotografia: Escola Focus, no SENAC, workshops, entre eles com os renomados fotógrafos Valter Firmo, Claudia Jaguaribe e Juan Esteves. Confira mais imagens no site do fotógrafo.

Serviços:
Local: Território da Foto
Endereço: Rua Mateus Grou, 580- Pinheiros – São Paulo – SP
Telefone: (11) 3032.5743
Data: de 16/04 a 30/04/2015
Entrada Gratuita
Horário: Segunda à sexta das 10 às 18 hs e aos sábados das 10 às 16 hs

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios