Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

Sindicato lamenta falecimento de trabalhadora terceirizada na Baixa do Fiscal em Salvador

foto
O vereador Suíca e a coordenadora-geral do Sindilimp Ana Angélica | FOTO: Ascom |

Entre os quatro mortos do deslizamento, na região da Baixa do Fiscal, em Salvador, neste final de semana, está a trabalhadora terceirizada Sandra Silva (37), que atuava na lavanderia do Hospital Roberto Santos. O Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza da Bahia (Sindilimp-BA) lamenta o falecimento da funcionária e destaca a atuação do governo estadual e da prefeitura da capital para amenizar a situação de caos que se instalou com as fortes chuvas. Para a coordenadora-geral do sindicato, Ana Angélica Rabello, a morte de Sandra Silva é sentida por todos os profissionais que com ela trabalhava. “Estamos consternados com o caso, o sindicato se solidariza e coloca à disposição toda a estrutura para atender os familiares”, aponta.

O vereador de Salvador, Luiz Carlos Suíca (PT), membro da direção do sindicato, e com quem Sandra Silva tinha vínculo, também caracterizou o caso como lamentável e pediu mais atenção dos governos para evitar mais mortes. “Teve outra pessoa, que a gente não identificou ainda, que ao saber que Sandra morreu, enfartou e está no hospital. Ela também é funcionária de uma empresa terceirizada. O sindicato e a nossa categoria de trabalhadores além de salvar vidas, também coloca a sua em risco para ajudar os outros”, pontua Suíca.

O deslizamento na Baixa do Fiscal aconteceu no domingo (10) e matou quatro pessoas, sendo três da mesma família: Sandra Silva Santana, seu irmão Sival Silva Santana de 28 anos, que morreram no local; e seu filho, Lucas Silva Santana, 12 anos, que foi retirado com vida dos escombros, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã desta segunda (11), no Hospital do Subúrbio. Equipes do Corpo de Bombeiros, da defesa civil do município, da Guarda Municipal, da Limpurb, das polícias Militar e Técnica e do Samu trabalharam incessantemente na retirada das vítimas dos escombros.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios