Pular para a barra de ferramentas
AssessoriaCidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

Chapada Diamantina pode ter chuvas fracas no final de semana; Céu fica encoberto em grande parte da Bahia

foto
Para as regiões da Chapada Diamantina e Sudoeste, onde essa massa de ar atua com menos intensidade, há possibilidade de ocorrer chuvas fracas | FOTO: Reprodução |

As condições do tempo, previstas para o fim de semana na Bahia (22, 23 e 24 de maio), continuam sem grandes mudanças, ou seja, estão sendo influenciadas por sistemas meteorológicos de diferentes características e em áreas distintas, mantendo o céu encoberto e chuvoso em algumas regiões e seco em outras. Na faixa leste, que inclui as regiões do Recôncavo, Nordeste e Sul, é a área do Estado onde há previsão de chuvas. Esta condição de tempo se deve, principalmente, a influência dos ventos úmidos que vêm do Oceano Atlântico, onde continuam trazendo umidade e, consequentemente, mais chuvas para essas regiões.

Mesmo com essa previsão de tempo chuvoso, as temperaturas continuam elevadas na maior parte do período, com máxima podendo chegar aos 30°C. Com isso, aumenta as chances de ocorrer chuvas mais intensas, sobretudo, nas localidades mais próximas ao litoral das regiões do Recôncavo e Nordeste do Estado. Para a cidade de Salvador e região metropolitana, onde a previsão continua sendo de céu encoberto e chuvoso, as temperaturas deverão ser mais amenas, com valores variando entre 20°C (mínima) e 30°C (máxima).

Por outro lado, na faixa centro-oeste e norte da Bahia, que inclui as regiões Oeste, São Francisco e Norte, quem continua atuando é uma massa de ar quente e seco, o que deverá manter o céu ensolarado e com poucas chances de ocorrer chuvas. Além de reduzir a nebulosidade e as chuvas, a permanência desse sistema também está contribuindo para influenciar outros elementos, como: elevar as temperaturas (máxima de 34°C) e reduzir a umidade relativa do ar (que podem chegar aos 30%).

Com esta previsão de tempo quente e seco, somada a vegetação já ressecada, aumenta os riscos de ocorrer novos focos de queimadas, bem como, aumentar a intensidade daqueles já existentes. Assim, recomenda-se cautela quanto à utilização do fogo, principalmente, na preparação do solo para o plantio ou, até mesmo, renovação de pasto para os animais. Pois, caso o fogo fuja do controle, este poderá dar origem a uma grande queimada, resultando em danos irreversíveis para a região.

foto
Áreas de risco atingidas pela chuva em Salvador | FOTO: Elói Corrêa/GOVBA |

Outro reflexo causado por essas condições de tempo seco está relacionado à saúde da população, sobretudo, quanto aos baixos índices de umidade do ar (que deverão está abaixo dos 40%). Pois, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) o ideal seria de, no mínimo, 60%. Assim, para minimizar os danos à saúde recomenda-se a hidratação contínua, ingerindo líquidos como: água, sucos, etc.

Para as regiões da Chapada Diamantina e Sudoeste, onde essa massa de ar atua com menos intensidade, há possibilidade de ocorrer chuvas fracas. Também são nessas áreas onde são esperadas as menores temperaturas do Estado, com mínimas variando de 13°C a 16°C. Com essa previsão de tempo frio, somada a umidade elevada, há chances de ocorrer neblina nessas regiões, principalmente, durante a madrugada e nas primeiras horas da manhã. Tal condição de tempo requer bastante atenção, sobretudo, nas estradas durante esse período.

Maré
Para o período entre os dias 22/05 (sexta-feira) e 24/05/2015 (domingo), a maré deverá atingir sua altura máxima no período entre 06h30 e às 08h30 e entre as 18h30 e às 20h30, com valores variando de 1,5 e 2,5 metros. Já a altura mínima deverá ser registrada no período das 00h30 às 03h30 e das 12h30 às 14h30, com valores variando de 0,5 a 1 metro. As ondas previstas para esse período deverão ter agitação de moderada a fraca, com altura máxima podendo chegar a 2 metros.

Índice de Radiação Ultravioleta (IUV)
Uma das características do outono é que, em sua primeira metade, estas se assemelham ao verão, ou seja, temperaturas elevadas e chuvas mais intensas. Já na segunda metade, tais características se assemelham ao inverno (com baixas temperaturas e chuvas de fraca intensidade). Outra característica dessa estação se deve a redução na incidência de radiação solar no Hemisfério Sul e, consequentemente, redução na Radiação Ultravioleta (IUV’s).

Esta redução pode ser verificada com os Índices previstos para o período de 22/05 (sexta-feira) a 24/05/15 (domingo), quando estes deverão variar de 07 a 09. Mesmo assim, a Organização Mundial de Saúde (OMS) classifica estes Índices como sendo de categorias “Alta e Muito Alta”. Com isso, os cuidados, quanto à exposição prolongada à radiação solar, deverão ser mantidos, principalmente, nos horários das 10 às 16 horas, quando os efeitos danosos à saúde são maiores. Para isso, a sugestão é utilizar protetor/filtro solar, chapéus, bonés, óculos escuros e roupas leves. As informações são do site do Inema-BA.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios