Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolítica

Congresso do PT: Valmir quer ampliar debates em pauta na Câmara Federal durante evento

foto
Valmir Assunção durante manifestação em Salvador | FOTO Jonas Santos |

Os projetos de emenda à Constituição, que seguem tramitando na Câmara e no Senado Federal, serão assuntos tratados do Congresso Nacional do PT, que acontece desta quinta-feira (11) até sábado (13), em Salvador. Quem garante é o deputado federal Valmir Assunção (PT-BA), que acompanhará de perto os debates envolvendo redução da maioridade penal, reformas política e agrária, ‘lei da terceirização’, ampliação das políticas para a juventude e fortalecimento do partido. Assunção ainda aponta que o evento reunirá representantes de outros partidos e de setores da sociedade, considerando um momento oportuno para o debate e para consolidar projetos para os povos tradicionais e do campo, mulheres e movimentos sociais, ligados aos direitos LGBTs, negros e dos trabalhadores.

“Estamos sendo atacados enquanto governo por uma oposição raivosa e irresponsável. E essa será uma semana importante para todos os brasileiros e também para os militantes do Partido dos Trabalhadores. É o momento de ampliar essas discussões. Salvador sedia pela primeira vez um congresso nacional e com nossos maiores representantes. A presidente Dilma e o ex-presidente Lula estarão juntos do governador Rui Costa e do ministro da Defesa, Jaques Wagner, debatendo com os presidentes estaduais e municipais do PT. Precisamos aproveitar esse momento para pensar estratégias para o país. E vamos lançar um manifesto na sexta-feira para auxiliar o partido nesta fase”, informa Valmir, referindo-se ao documento que a tendência interna da sigla, Esquerda Popular Socialista (EPS), apresentará no evento.

Ainda conforme o parlamentar petista, o congresso do PT também vai discutir o atual período econômico que vive o Brasil, além de levar demandas importantes dos municípios baianos e do Nordeste. “Estamos vivendo um momento importante da conjuntura econômica. É preciso que o PT, no seu congresso, produza diretrizes que respondam a essa conjuntura, e, mais do que isso, que a gente possa sinalizar para o conjunto da sociedade a nossa vocação, para que nós surgimos, quais são os nossos princípios e os nossos objetivos”, completa.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios