Chapada: Promotor do MP se reúne com pais de alunos de escola invadida em Jussiape

Postado em jul 31 2015 - 10:34am por Jornal da Chapada
foto 1

Promotor tranquiliza a população e informa que o Ministério Público está apurando o caso e tomará as medidas cabíveis| FOTO: Reprodução/Sec |

Na tarde da última terça-feira (28), o promotor de Justiça e representante do Ministério Público da Bahia, Raimundo Moinhos, se reuniu para esclarecer quais medidas foram adotas, após um adolescente invadir a escola e deixar um funcionário ferido na última quarta-feira (22), no Colégio Estadual Horácio de Matos, em Jussiape, na Chapada Diamantina. Designado para acompanhar o caso, o promotor visitou a unidade escolar onde se reuniu com pais de alunos e com a diretora da instituição Verailza de Assis.

“A gente está apurando, buscando entender quais foram os motivos, as razões que levaram o menor a praticar o ato infracional em questão”, disse Moinho. O promotor também deixou claro que o encontro serviu para tranquilizar a população, os alunos e os próprios responsáveis pelos estudantes, além de “trazer a verdadeira mensagem de que não há nenhum motivo para que os alunos tenham medo de vir à escola”.

Sobre o menor infrator, o promotor afirmou que, se caso houver sinais claros de transtornos mentais, o Ministério Público adotará medidas cabíveis. “Vamos acompanhar se realmente há algum indício de transtorno mental do menor. Se havendo, o MP irá adotar as medidas pertinentes”, disse. E ainda completou dizendo que “a gente vai levar o caso ao Poder Judiciário e lá a gente vai adotar quais as melhores medidas para o menor, de 15 anos, que não é nenhum marginal, nenhum bandido, não tem histórico nenhum de violência”. As informações são do site Jussi Up Press.

Leia também
Chapada: Secretaria tomará medidas em relação a estudante que invadiu colégio de Jussiape com facão

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.