AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu Principal

Bahia: Clima seco e calor agravam situação de incêndios no Oeste; 53 focos foram registrados

foto
Barreiras, Luís Eduardo Magalhães e São Desidério são os municípios mais atingidos. Segundo Bombeiros, população queima para limpar terreno e destruir lixo | FOTO: Reprodução/TV Bahia |

O clima seco e as altas temperaturas desta época do ano no oeste do estado agravam os focos de incêndio, encontrados principalmente em quatro cidades da região. De acordo com o comandante do subgrupamento do Corpo de Bombeiros da região oeste, Paulo Henrique de Araújo, atualmente são 53 focos de incêndio nas serras, que atingem as cidades de Barreiras, Luís Eduardo Magalhães, São Desidério e Formosa do Rio Preto.

“É um período de alta temperatura na região e não chove com regularidade. Os incêndios acontecem também por conta da falta de conscientização das pessoas, que limpam o terreno com fogo, que se propaga para serra. Além do acúmulo de lixo, que costuma queimar com fogo, e de cigarros jogados nas rodovias. Tudo isso ajuda na propagação”, explica o comandante, em entrevista ao Portal G1.

Segundo Paulo Henrique de Araújo, o trabalho de combate ao fogo é feito com equipamentos, como abafadores e bombas de água. A depender da intensidade das chamas, os bombeiros vão até os focos de incêndio a pé ou com uso de viaturas. O comandante afirma que, nesta época do ano, o combate a incêndios é feito também em parceria com equipes de brigadistas das prefeituras da região. Nos primeiros oito meses de 2015, foram registradas 265 queimadas em Formosa do Rio Preto e 117 em São Desidério. As informações são do Portal G1 e da TV Bahia.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios