CidadesCulturaCuriosidadesMenu Principal

Chapada: Conheça mais sobre os artistas que vão se apresentar no 17º Festival de Lençóis; vídeos

foto5
Pedro Mariano, Léo Jaime e Baiana System se apresentam no palco principal do Festival de Lençóis | FOTO: Montagem do JC |

Um dos principais e mais tradicionais festival de música da Chapada Diamantina, o Festival de Lençóis completa a sua 17ª edição no próximo feriado, em 12 de outubro, no dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil. Ainda é possível se programar para curtir belas paisagens, recarregando as energias e contemplando a natureza durante o dia, e agitar durante a noite, nos shows de renomados artistas nacionais e locais, de 9 a 11 de outubro. Mas é preciso correr, pois todos os tipos de hospedagem (hotéis, pousadas, campings e albergues) de Lençóis costumam lotar com o evento.

A grade completa das atrações musicais foi divulgada na última semana pela produtora Pau Viola. Durante os três dias de festas, as bandas Baiana System, Scambo, Choro Labuta, Hélio Bahia e Banda, Raiz do Vento, Griô e Banda Zion, e os cantores Pedro Mariano, Diogo Nogueira, Márcia Castro e Leo Jaime se apresentarão. Enquanto você se programa para a viagem, venha conhecer um pouco mais de alguns dos artistas que subirão ao palco do 17º Festival de Lençóis.

Márcia Castro

Diogo Nogueira
Com oito anos de carreira oficial e quatro discos gravados em estúdio (Porta-voz da Alegria, Bossa Negra, Mais Amor e Tô Fazendo a Minha Parte), o cantor, compositor, instrumentista, apresentador de televisão e ex-jogador de futebol, Diogo Nogueira, ganhou muitos prêmios em sua carreira. Dentre eles, o Grammy Latino de Melhor Álbum de Samba, por “Tô Fazendo a Minha Parte”, em 2009.

Ele teve quase um milhão de cópias vendidas, entre CDs e DVDs. Seis anos no ar com um programa televisivo de ótima repercussão, Samba na Gamboa, e novo projeto radiofônico para estrear no segundo semestre. Média de 120 shows por ano, com muitas turnês de sucesso Brasil afora e no exterior. Recentemente, estreou como ator no musical “SamBRA” e atualmente, está em turnê nacional, com o show de lançamento do disco Porta-voz da Alegria.

Leia também
Festival de Lençóis terá Scambo, Diogo Nogueira e Márcia Castro; confira programação completa
Chapada: Festival de Lençóis atrai turistas no feriadão de outubro; confira opções de passeios
Chapada: Festival de Lençóis anuncia os shows de Léo Jaime e BaianaSystem; confira novidades

foto5
Márcia de Castro, Diogo Nogueira e Scambo também estão na programação do festival em outubro | FOTO: Montagem do JC |

Baiana System
Composta por Robertinho Barreto (guitarra), Russo Passapusso (vocal), DJ João Meirelles, SecoBass (baixo), JapaSystem e Ícaro Sá (percussão), a banda surgiu da necessidade de expandir as sonoridades e renovar o som da guitarra baiana, instrumento pouco explorado no cenário musical baiano. Idealizado por Robertinho Barreto, o BaianaSystem não tem um formato definido, podendo assumir variadas formações.

A ideia principal é que a guitarra baiana interaja num formato de ‘Live P. A.’ com um DJ que assuma as bases sampleadas e/ou tocadas, fazendo inserções de sons e efeitos com liberdade de improvisos. Utilizando-se de recursos como camadas, efeitos e loops, numa concepção que também se inspira na liberdade e psicodelia do Dub. Confira o som que já conquistou os baianos.

Vídeo

Pedro Mariano
Filho da cantora Elis Regina e do músico Cesar Camargo Mariano, Pedro pôde acompanhar de perto os passos dos mais importantes artistas da cena musical brasileira. A primeira vez que subiu num palco foi aos 12 anos, em um festival de música. Depois participou, com a sua banda Confraria, do Festival do “Fico”, do “Festival Cultura Inglesa” e do “Festivalda” ganhando, em todos, na categoria de melhor banda.

Em 94, Pedro deixou a Confraria, e optou pela carreira solo, mas foi em 1997 gravou seu primeiro disco ‘Pedro Camargo Mariano’, ao todo, foram nove discos gravados. Em 2014 realizou seu sonho, Em 2014, Pedro realiza um grande sonho, gravar um CD e DVD ao vivo, acompanhado de uma orquestra. Este projeto ‘Pedro Mariano e Orquestra’ circulou pelo Brasil, nas principais capitais e contou com a participação de Orquestras de cada cidade onde passou.

Scambo
A banda baiana, formada no fim dos anos 90, gravou seu primeiro disco ‘Exerça’, em 2003. Após o lançamento de dois CDs gravados ao vivo em estúdio, o ‘Preto’ e o ‘Vermelho’, junto ao lançamento do Clip ‘Implosão’ na MTV e no Multishow, a Scambo mudou-se para São Paulo e em 2005, fez uma turnê pelo sudeste do Brasil. Em 2006, a banda se desentende e alguns integrantes deixam o projeto.

No mesmo ano, Alexandre (guitarra), Graco (guitarra) e Edu Chapéu (baterista), juntam-se ao vocalista Nikima e a banda grava o disco ‘Qual o seu tempo?’. Após a gravação, a Scambo fez um show para 5 mil pessoas em Salvador e decide parar. Em 2011, a banda volta com dois shows no Pelourinho e, no ano seguinte, lançou o disco acústico ‘Flare’. Recentemente, a Scambo participou do programa Super Star, da Rede Globo, potencializando sua projeção nacional.

Como chegar
Existem três opções tradicionais para chegar à cidade Lençóis, de avião, de carro ou de ônibus. A viagem de ônibus entre Salvador e Lençóis leva cerca de seis horas, a empresa que faz esta rota é a Real Expresso (0800 883 8030). De avião, são 45 minutos, de Salvador. O aeroporto Horácio de Matos, no município de Lençóis, recebe voos regulares (quintas e domingos) a partir de Salvador e está a 20km do centro da cidade, na BR-242.

De carro, o motorista que partir de Salvador deve seguir pela BR-324, sentido Feira de Santana, até alcançar a BR-116, passando por Santo Estevão, até chegar ao entroncamento da BR-242. Depois, siga no sentido oeste em direção a Itaberaba. A partir daí, são 141 km até Lençóis. A distância da capital até Lençóis é de 409 quilômetros.

Jornal da Chapada

Etiquetas
Mostrar mais

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Pular para a barra de ferramentas