Salvador: Suíca debate políticas para pessoas com deficiência em audiência nesta quinta

Postado em dez 7 2015 - 12:00pm por Jornal da Chapada
foto5

O vereador e líder da oposição na Câmara de Salvador, Luiz Carlos Suíca | FOTO: Divulgação |

Reunindo entidades de classe, órgãos públicos e membros da sociedade civil, Salvador vai discutir o “Dia Internacional da Pessoa com Deficiência: Salvador da inclusão?”. A audiência pública é uma iniciativa do líder da oposição e vice-presidente da Comissão Especial da pasta na Câmara de Vereadores, Luiz Carlos Suíca (PT), e acontece nesta quinta-feira (10), a partir das 14h, na Biblioteca Pública da Bahia. A data é lembrada no dia 3 de novembro, mas, de acordo com o vereador, “além do marco simbólico, o evento deve debater sobre a pauta entre diferentes esferas de poder no município”.

“O objetivo é conhecer de perto as diversas realidades das pessoas com deficiência. Encaminhamos proposições legislativas para defender direitos, mas precisamos de respostas de cidadãos que lidam diretamente com a causa e o evento pretende cumprir essa missão”, explica Suíca. Com experiência na Justiça do Trabalho, o juiz Agenor Calazans, da Quinta Região, estará na audiência para relatar sobre os desafios da jurisprudência no Brasil para garantia de equidade social às pessoas com deficiência e excepcionais. O processo de implantação da Comissão da Pessoa com Deficiência na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) na Bahia será tema de abordagem de Mário Lima, membro deste órgão.

Já o diretor de Espaços Culturais, vinculado à Secretaria de Cultura da Bahia (Secult-BA), Rômulo Lisboa, deve apresentar propostas de reforma dos espaços culturais de todo o estado, discutindo sobre as possibilidades de adequação às condições excepcionais de acesso e uso por pessoas com dificuldades de acomodação. O secretário de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social do Estado (SJDHDS), José Geraldo dos Reis é convidado a falar sobre acessibilidade gratuita nos transportes públicos interurbanos. Será também um momento para pessoas com deficiência e familiares relatar experiências e apresentar demandas. A Analista de Recursos Humanos e Coordenadora do Comitê de Equidade da Embasa, Amanda Brito, é convidada à mesa e irá falar sobre aspectos de sua trajetória pessoal e profissional.

A audiência pública conta ainda com a presença de parlamentares do estado e do município. Deve reunir representantes da Ser Down-Bahia e do Instituto de Cegos da Bahia; das respectivas Associações Baianas de Cegos da Bahia (ABC); dos Deficientes Físicos (Abadef); de Cultura Inclusiva (Abaci); de Pais e Amigos de Deficientes Auditivos do Estado da Bahia (Apada); de Pessoas com Albinismo (Apalba); de Pais, Amigos e Pessoas com Deficiência, de Funcionários do Banco do Brasil e da Comunidade (Apabb); de Familiares de Deficientes Autistas; de Pais e Amigos Excepcionais (Apae); entre outras. Para enriquecer culturalmente o evento, os Corais Mãos Brilhantes, de São Tomé de Paripe, e do Centro de Apoio Pedagógico às Pessoas com Deficiência (CAP), devem se apresentar, trazendo repertórios já admirados pelo público soteropolitano e baiano.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.