Brigadistas reclamam da falta de vontade política para debelar o fogo na Chapada Diamantina

Postado em dez 7 2015 - 11:09am por Jornal da Chapada
foto5

Os voluntários precisam de aeronave para levar uma bolsa que carrega água até os focos de incêndio | FOTO: Meramente Ilustrativa/Arquivo |

Os brigadistas voluntários que atuam para extinguir os incêndios na Chapada Diamantina reclamam da falta de apoio dos poderes públicos para obterem êxito na luta contra o fogo. Segundo Homero Vieira, presidente dos Combatentes de Incêndios Florestais de Andaraí (Cifa), os grupos de voluntários precisam de uma aeronave em Ibicoara para ajudar a debelar o foco do Baixão. “Isso é urgente, pois o fogo pode voltar a se espalhar. Além de quê podemos lançar brigadistas também na região do Machombombo”.

Para Homero, falta apoio e vontade política do Estado e da União para que todo o fogo seja controlado e debelado. Ele reclama também da falta do ‘Bambi’, espécie de bolsa que carrega água nos helicópteros, que poderiam acabar de uma só vez com os pequenos focos do incêndio. “Temos que ter o mínimo de bom senso. Quanto mais rápido debelarmos os focos, menos recursos serão gastos. Isso é matemática básica”, afirma Vieira em contato com o Jornal da Chapada, nesta segunda-feira (7). Esse mesmo pedido é feito pelo chefe da brigada voluntária do Vale do Capão, Thayron Augusto (confira aqui). O fogo no vale já interditou trilhas da Cachoeira da Fumaça.

foto5

“Que o Estado e a União façam sua parte ou assumam a sua incapacidade de gerenciar os incêndios florestais”, diz Homero Vieira | FOTO: Divulgação |

De acordo com o presidente da Cifa, os brigadistas conseguiram controlar o avanço do fogo em Ibicoara, mas há uma área distante e de difícil acesso que seria alcançada de maneira eficaz apenas com ajuda de aeronaves. Essa falta de combate pode resultar em um novo avanço do incêndio. “O trabalho tem que ser contínuo, fazemos nossa parte, mas o Estado tem que fazer a sua também”, sugere Homero que afirma organizar seu grupo para seguir à Ibicoara até o meio-dia desta segunda (7).

Apelo
Homero Vieira ainda pediu que a população baiana faça pressão junto aos governos estadual e federal para que suas reivindicações sejam atendidas. Ele também falou diretamente ao governador Rui Costa. “Faço um apelo ao governador que se sensibilize com a Chapada Diamantina, que há mais de mês está queimando, e com os brigadistas voluntários que há mais de mês continuam incessantemente na luta. Que o Estado e a União façam sua parte ou assumam a sua incapacidade de gerenciar os incêndios florestais”.

Adalício Neto – Jornal da Chapada

Leia também:
Fogo na Chapada: Chefe da brigada do Capão aponta ineficiência do governo e pede ajuda de aeronave
Fogo volta a ficar fora de controle e ameaça residências e trilhas na Chapada Diamantina; Fumaça interditada
Combatente pede investigação e sugere ‘brigada plantonista’ para a Chapada Diamantina

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

7 Comentários Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.