Chapada: Jacobina e Miguel Calmon não têm focos de incêndio; foram 23 dias de combate

Postado em dez 30 2015 - 4:10pm por Jornal da Chapada
foto66

Cidadãos deixaram suas famílias e se uniram aos brigadistas e bombeiros para combater o fogo na Chapada Norte| FOTO: Reprodução/Amilton Mendes |

Os incêndios que devastaram áreas em Jacobina e Miguel Calmon, municípios da Chapada Norte, foram debelados na última terça-feira (29) pelos brigadistas e bombeiros que estiveram na região, segundo informações do site Jacobina Notícias. Não há mais ações de combate nem rescaldo nas localidades. O Parque Estadual das Sete Passagens e a área de Itaitu sofreram bastante com os focos durante cerca de 23 dias.

Leia também:
Chapada: Brigadistas voluntários comemoram réveillon sem focos de incêndio em Lençóis
Chapada: Combate em Ibicoara contou com a participação dos governos e de voluntários; Secretaria aponta avanços
Fogo na Chapada: Kits para combater incêndios são ineficientes e de baixa qualidade, apontam voluntários

Desde o começo de dezembro, cidadãos deixaram suas famílias e se uniram aos Bombeiros Civis Voluntários de Jacobina, Secretaria do Meio Ambiente, Corpo de Bombeiros, brigadistas voluntários e da Mineradora Yamana, que enviou um helicóptero e dois aviões. O grupo formado esteve por longos dias combatendo os incêndios nas serras do município.

O Ministério Público já havia determinado, no dia 20 de dezembro, que ações concretas fossem adotadas pelo Governo do Estado da Bahia e pela empresa Jacobina Mineração e Comércio (Yamana Gold). As exigências, na época, foram para que as ações de combate aos focos de incêndios na região fossem intensificadas e dessem fim à devastação ambiental. Jornal da Chapada com informações do site Jacobina Notícias.

Leia também:
Fernando Gabeira acompanha combate aos incêndios na Chapada; 55 mil hectares já foram destruídos
Brigadistas do Prevfogo/Ibama seguem atuando no combate ao fogo na Chapada Diamantina

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

2 Comentários Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.