Brigadistas do Prevfogo/Ibama seguem atuando no combate ao fogo na Chapada Diamantina

Postado em dez 28 2015 - 11:05am por Jornal da Chapada
foto54

Brigadistas seguem monitoramento mesmo depois do fogo ser controlado | FOTO: Acervo Brigada Federal PA/Rosely Nunes |

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) está participando da operação de combate ao incêndio florestal no Parque Nacional da Chapada Diamantina (PNCD), nas ocorrências localizadas nos municípios de Ibicoara e Mucugê com disponibilidade de 56 servidores e nove veículos traçados 4×4. São 22 brigadistas do Prevfogo do estado de Pernambuco, das Brigadas Serra Talhada e Petrolina, 30 da Brigada de Assentamento Rosely Nunes/Prevfogo e quatro servidores da Supes/Bahia, além de três fiscais e Denilson Barbosa de Oliveira, coordenador estadual do Prevfogo/Ibama.

De acordo com informações encaminhas ao Jornal da Chapada, a participação do Ibama nessa operação iniciou com a Brigada Federal de Assentamento Rosely Nunes/Prevfogo, no dia 7 de dezembro de 2015. Os incêndios foram detectados no dia 5 de dezembro, após ocorrências de descargas elétricas provocadas por raios, desencadeando três focos de incêndios florestais. “Os focos foram localizados nas regiões do Baixão, Araponga e Machobombo, ambos no município de Ibicoara, sendo que os dois primeiros ameaçavam às Comunidades Baixão e Brejão, e afetaram áreas de floresta estacional semidecidual”, aponta texto assinado pela gerente estadual do Fogo Prevfogo/Ibama/Bahia, Rejane Carneiro Salvador de Oliveira.

foto5

A atuação envolveu brigadas de diferentes localidades da Chapada Diamantina | FOTO: Acervo Brigada Federal PA/Rosely Nunes |

Atuação nos combates
As Brigadas Serra Talhada e Petrolina, ambas do Prevfogo do estado de Pernambuco, iniciaram a atuação no combate ao incêndio florestal dentro do” Parque Nacional da Chapada Diamantina no dia 20 de dezembro, no incêndio da região do Machobombo. Das três ocorrências de incêndios florestais a da região do Araponga foi extinto dia 16 de dezembro, a do Baixão foi controlada e está em fase de vigilância e extinção, e a do Machobombo foi controlada parcialmente no dia 21 de dezembro, com pontos quentes de reignição, necessitando vigilância e extinção ao longo de toda linha”, informa Rejane Carneiro.

Além do Ibama, a operação tem participação do ICMBio (instituição gestora do PNCD), Programa Bahia Sem Fogo/Sema, GBM/DF, GBM/BA, Prefeituras Municipais de Ibicoara, Mucugê, Andaraí e Iramaia, CI (Conservação Internacional), Brigada Tiro Quente/DF, Brigada ICMBio/DF, Brigadas Voluntárias Bicho do Mato/Ibicoara, ACVIB/Ibicoara, Radical Chapada/Ibicoara. Também participam a CIFA/Andaraí, Guerreiros/Barra da Estiva, Bravos/Barra da Estiva, Rumo/Itaetê, Colônia/Itaetê, BRAL/Lençóis, Brigadistas Voluntários dos municípios de Ibicoara, Mucugê e Seabra. Moradores das comunidades Mundo Novo, Brejão e Baixão contribuíram no apoio logístico da operação.

Ainda foi instalado o Sistema de Comando Integrado (SCI) entre as instituições envolvidas no combate a esses incêndios florestais para aperfeiçoar a operação e facilitar a comunicação operacional das estratégias utilizadas.

Confira mais imagens do acervo da Brigada Federal PA-Rosely Nunes:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Leia também:
Fogo em Rio de Contas segue em direção a Abaíra; Brigadista fala sobre mudança no combate
Segundo ICMBio, chamas já consumiram 23 mil hectares do Parque Nacional da Chapada Diamantina
Utilização de verbas nos combates aos incêndios na Chapada Diamantina é vistoriada por defensorias públicas
Fogo na Chapada: Kits para combater incêndios são ineficientes e de baixa qualidade, apontam voluntários
Fogo na Chapada: Chamas ainda atingem localidades de Jacobina, Miguel Calmon e Caém
Fogo na Chapada: Festival usa bilheteria para equipar brigadas e aponta animais que correm risco de extinção
Fogo na Chapada: Gruta do Lapão é reaberta para turistas; Analista aponta avanço com focos controlados

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

6 Comentários Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.