CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

Salvador registra deslizamentos de terra após dois dias de chuva

ilustra
A área é a mesma onde ocorreu um deslizamento de terra em 27 de abril do ano passado, quando 11 pessoas morreram soterradas | FOTO: Ilustração/Gabriel Lima

Com a chuva que cai em Salvador há dois dias, parte de uma casa desabou na madrugada de nesta quarta (4), devido a um deslizamento de terra no Bairro Alto do Peru, região conhecida como Barro Branco. A área é a mesma onde ocorreu um deslizamento de terra em 27 de abril do ano passado, quando 11 pessoas morreram soterradas. No mês passado, a Prefeitura Municipal começou a instalar lonas de contenção em áreas de risco de deslizamento em Salvador. O serviço na região atingida, no entanto, ainda não havia sido concluído.

Por conta do deslizamento, uma grande quantidade de lama desceu para a Avenida San Martin, que fica próxima ao local. A Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) não registrou congestionamento, mas alertou os motoristas para o risco de veículos derraparem na pista. Até o início da manhã, a Defesa Civil de Salvador (Codesal) tinha recebido 25 solicitações de vistoria, de acordo com o último boletim do órgão. As chamadas informavam sobre imóveis alagados, ameaças de desabamento e deslizamento, 12 deslizamentos de terra e uma infiltração, sem registro de feridos.

A Codesal atende demandas 24 horas por dia, pelo telefone gratuito 199. Qualquer ameaça de deslizamento ou desabamento deve ser comunicada ao órgão e quem estiver no local, deve sair, por segurança. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê mais chuva e nebulosidade para hoje, em Salvador. As temperaturas variam entre 22 graus Celcius (°C) e 28ºC. Para a quinta (5), os termômetros devem oscilar entre os 25°C e os 28ºC, com chuviscos e nuvens apenas pela parte da manhã. Da Agência Brasil.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios