CidadesCuriosidadesMenu PrincipalSaúde

Bahia fica em segundo lugar no ranking de mortes em estradas federais, diz PRF

acidente
Ao total foram 641 mortes no estado. Os dados são de 2015 | FOTO: Ilustração/Jornal da Chapada |

O segundo maior número de mortes em estradas federais no ano passado foi contabilizado em trechos das BR’s que cortam o estado da Bahia, segundo aponta pesquisa da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Ao total foram 641 mortes no estado. As BRs 101, 116 e 324 são as que mais causaram mortes e acidentes. Conforme o ranking divulgado pela PRF, a BR 101 foi a que mais matou, com 181 mortos, com 396 acidentes graves. Em segundo lugar, aparece a BR 116, com 166 mortos e 305 acidentes graves, e em terceiro, a BR 324, com 63 mortos e 167 acidentes graves. As duas primeiras são as maiores em extensão na Bahia. De acordo com a PRF, a BR 324 não é a terceira em extensão, sendo o fluxo carregado no trecho Feira de Santana-Salvador motivador das ocorrências.

Apesar do número de mortos na Bahia chegar a 641 em 2015, houve redução de 19% em relação a 2014, que anotou 794 vítimas fatais. Ainda segundo a PRF, o número de acidentes no primeiro semestre de 2016 já é 12% menor ante o mesmo período do ano passado. As principais causas dos acidentes são falta de atenção, ultrapassagem indevida, velocidade incompatível e ingestão de álcool. A Bahia tem a segunda maior malha de rodovias federais do país, com 11 mil km. Minas Gerais, que tem a maior extensão de BRs, registrou maior número de acidentes em 2015, com 961 morte. Com informações do Bahia Notícias.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios