CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

ACM Neto e Jaques Wagner devem ser citados em delações da OAS e Odebrecht

acm
Os dois políticos já apareceram em planilha encontrada pela força-tarefa da Operação Lava Jato | FOTO: Reprodução |

As delações da Odebrecht e OAS vão mexer com a política baiana. De acordo com informações publicadas pelo jornal Estadão, Marcelo Odebrecht vai revelar pagamentos para a campanha do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), enquanto o ex-presidente da OAS, Leo Pinheiro, entregará caixa dois na campanha do ex-governador Jaques Wagner (PT).

Os dois políticos já apareceram em planilha encontrada pela força-tarefa da Operação Lava Jato na casa do ex-presidente de Infraestrutura da Odebrecht Benedicto Junior.

Ao jornal, ACM Neto disse que parte expressiva de sua campanha em 2012 foi financiada pela Odebrecht “de forma transparente e dentro da legalidade”. Já Wagner afirma que prefere aguardar o depoimento por considerar que o ex-presidente da OAS “está sob muita pressão”. Com redação do Bocão News.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios