Salvador: JAM no MAM especial promove bate-papo e recebe músicos argentinos

Postado em out 21 2016 - 5:04pm por Jornal da Chapada
jam

O evento tem a duração de uma hora e o acesso é um ingresso que destinado a duas atividades | FOTO: Divulgação |

A JAM no MAM, realizada neste sábado (22), no Museu de Arte Moderna das Bahia (MAM/BA), em Salvador, com o patrocínio do Fazcultura, começa uma hora mais cedo. A organização do evento promove às 17h um bate-papo sobre ‘A dinâmica do acompanhamento dos solos improvisados’. O encontro faz parte do ciclo ‘Perspectivas da improvisação no âmbito da JAM no MAM’, coordenado pelo músico e professor Ivan Bastos, junto ao curso de extensão da Escola de Música da Universidade Federal da Bahia (Ufba).

Durante a conversa, Bastos e outros músicos da banda falam com o público sobre aspectos relacionados aos solos musicais em jam sessions, respondendo também a perguntas que esclareçam os mecanismos envolvidos nas práticas da improvisação instrumental. Às 18 h começa a programação musical , com a participação especial dos músicos argentinos Juan Ignacio Azpeitia (violão) e Carlos Quilici (bandoneón). Arranjador, compositor e professor na área de tango, Carlos Julio Quinci integra, entre outras formações, o ‘Carlos Quilici e seu quinteto Los Tauras’ e a ‘Orquestra de Carlos Quilici’.

Para participar, não é preciso se inscrever. Basta comparecer ao MAM/BA, espaço cultural mantido pela Secretaria de Cultura do Estado (Secult), a partir das 17h, onde acontecem as performances musicais a cada sábado. O bate-papo é realizado uma vez por mês e tem a participação de artistas convidados. O evento tem a duração de uma hora e o acesso é um ingresso que destinado às duas atividades. As informações são da Secult-BA.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.