#Bahia: Ação contra prefeito de Salvador é “requentada” segundo advogado de defesa

Postado em nov 3 2016 - 2:44pm por Jornal da Chapada
neto

O prefeito ACM Neto também considerou a ação “descabida, improcedente e inaceitável” | FOTO: Reprodução |

Uma ação da Procuradoria da República da 1a Região, que denunciou 443 ex-deputados por uso indevido do dinheiro público foi tida como “requentada” pelo advogado Fabrício Medeiros, do Democratas. “Na época em que a denúncia foi feita por um site, a Procuradoria Geral da República apresentou diversos pedidos de investigação por peculato contra os deputados citados na reportagem. A ação tramitou no Supremo Tribunal Federal e foi arquivada em sua totalidade a pedido da própria Procuradoria, que reconheceu que não houve nenhum crime”, disse o advogado.

Medeiros criticou a decisão da Procuradoria da República da 1a Região de tentar reabrir o caso. “Será que o procurador que assina a ação não sabe que a investigação já foi arquivada pelo Supremo Tribunal Federal?”, indagou o advogado. De acordo com o advogado do Democratas, o resultado da ação na Procuradoria da 1a Região será o mesmo do STF. O advogado disse, ainda, que nenhum deputado do Democratas cometeu qualquer tipo de irregularidade. O prefeito ACM Neto também considerou a ação “descabida, improcedente e inaceitável”. Do Política Livre.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.