#Mundo: Ritmo de vida é diferente para quem nasceu após invenção da luz elétrica

Postado em nov 16 2016 - 9:52am por Jornal da Chapada
foto6

O estudo analisou durante duas semanas, oito participantes (seis homens, duas mulheres) que tinham uma idade média de 30 anos | FOTO: Reprodução |

Um estudo da Universidade do Colorado nos Estados Unidos constatou que o aumento da exposição à luz solar faz ajustar o nosso Ritmo Circadiano, ou ciclo circadiano, que é a designação do período de aproximadamente 24 horas sobre o qual se baseia o ciclo biológico de quase todos os seres vivos e é influenciado principalmente pela variação de luz, temperatura, marés e ventos entre o dia e a noite.

Todos os seres vivos que habitam o planeta estão conectados a natureza. O ritmo circadiano regula todos os ritmos materiais bem como muitos dos ritmos psicológicos do corpo humano, e exerce influência sobre, por exemplo, a digestão ou o estado de vigília e sono, a renovação das células e o controle da temperatura do organismo.

O estudo analisou durante duas semanas, oito participantes (seis homens, duas mulheres) que tinham uma idade média de 30 anos. Na primeira semana, os participantes foram incentivados a realizar suas rotinas diárias de trabalho, escola, atividades sociais e horários de sono auto-selecionados. Já na segunda semana, os participantes acamparam ao ar livre, apenas com a luz natural e fogueiras. Lanternas ou dispositivos eletrônicos pessoais foram proibidos. Com informações da Mochila Brasil UOL

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.