PMs negam paralisação e SSP garante que há equipamentos de segurança suficientes

Postado em dez 4 2016 - 11:19am por Jornal da Chapada
secom

De acordo com informações, a categoria vai trabalhar apenas “dentro da legalidade” | FOTO: Reprodução/Secom |

Os policiais militares negaram que farão uma paralisação do serviço na segunda-feira (5). Boatos surgiram nas redes sociais após a assembleia da categoria definir que os servidores não deixarão as bases sem todos os equipamentos de segurança regulares (veja aqui). De acordo com o deputado estadual Soldado Prisco (PPS), que participou da reunião da Associação dos Policiais e Bombeiros do Estado da Bahia (Aspra), explicou que a categoria vai trabalhar apenas “dentro da legalidade”.

“[Os PMs] Vão cumprir tudo. As viaturas são pra uso exclusivo em serviço, mas 50% delas são para uso pessoal. Isso é proibido por lei”, criticou. Prisco citou ainda outros problemas, como falta de armamento e coletes a prova de balas vencidos. “Tem unidades sem condição nenhuma de funcionamento, sem sequer um banheiro para o policial trocar de roupa. Para cada viatura eles dão R$ 30 por dia para comprar gasolina”, pontuou. Em nota, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) rebateu as informações e informou que todas as unidades da Polícia Militar continuam funcionando normalmente, sem qualquer tipo de alteração.

“O Comando-Geral da PM ressalta também que todos os equipamentos necessários para a segurança dos profissionais e dos baianos (armamento, coletes balísticos, viaturas, entre outros) são garantidos e utilizados diuturnamente nas ações ostensivas. Lembra ainda que as unidades da PM no estado tiveram a frota de viaturas renovada. No total, em 2016, foram 1400 veículos substituídos por equipamentos 0 km”, alega o órgão, em nota. Do site Bahia Notícias.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.