AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu Principal

Suíca defende tradição no São João: “Samba junino precisa de apoio dos setores públicos”

suica
Queria cobrar a atenção dos poderes públicos para verdadeiramente apoiar essa atividade, salienta o vereador petista | FOTO: Divulgação |

O líder do PT na Câmara de Salvador, vereador Luiz Carlos Suíca, defendeu esta semana a tradição dos festejos juninos na Bahia e disse que o samba junino é uma resistência cultural do período de São João. Nesta terça-feira (20), o edil petista disse que o samba junino “está com os dias contados, por falta de investimentos dos setores públicos”. Para Suíca, tanto o estado quanto o município estão investindo alto em atrações para o período, mas os grupos de samba juninos estão desassistidos em bairros de Salvador.

“Há uma dificuldade muito grande para se fazer o samba junino acontecer no circuito da Liberdade, do Engenho Velho de Brotas, onde surgiram grandes figuras, são compositores e cantores, que saíram com o samba junino, como Tatau, Beto Jamaica, já é uma tradição”, salienta. Para o líder petista, em Salvador, a população tem visto esses grupos se esvaindo por falta de apoio.

“Queria cobrar a atenção dos poderes públicos para verdadeiramente apoiar essa atividade. Em vez de gastar grandes recursos com figuras que estão vindo de fora, deveria se distribuir as atrações de forma que os bairros pudessem se organizar e aquecer a economia da própria comunidade, a partir disso. Porque quando você ajuda o samba da Liberdade, do Engenho Velho, da Suburbana, com artistas locais, lógico que a comerciante ao fazer a canjica vai vender a canjica ali. Vai gerar economia para o local, então a gente defende esta distribuição de forma mais justa”, completa.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios