CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolítica

#Polêmica: Lula diz que Temer e Aécio plantaram vento e colheram tempestade

lula
“Eles criaram isso, um clima de ódio”, disse Lula sobre Temer e Aécio | FOTO: Montagem |

O ex-presidente Lula comentou, na última quarta-feira (5), a denúncia por corrupção apresentada pela Procuradoria Geral da República contra Michel Temer e afirmou que “se tem uma acusação contra o Temer, ele tem que ser investigado. Se for culpado, tem que ser condenado”. “A regra é essa para mim, para você e para qualquer pessoa desse país. Agora o Ministério Público e a Polícia Federal não podem se subordinar a um meio de comunicação para fazer denúncias. Eu não quero morrer enquanto a Globo não me pedir desculpas”, criticou, em entrevista à rádio Arapuan FM, da Paraíba.

Para Lula, “Aécio e Temer estão colhendo tempestade porque plantaram vento”. “Eles criaram isso, um clima de ódio”, disse. Nesta terça, o senador Aécio Neves discursou na tribuna, onde ressaltou ser inocente e disse ter sido “execrado” pela opinião pública antes de qualquer condenação. O ex-presidente também comentou sobre as “traições” contra Dilma Rousseff durante o processo de impeachment, não apenas vinda do PMDB. “O que fizeram com a Dilma foi uma falta de vergonha”, criticou.

“Não foi o só o PMDB, mas diversos partidos da base. O PP, o PRB, Kassab, que era ministro da Dilma, Aguinaldo Ribeiro, que também era ministro, e se acovardaram. A primeira coisa que fizeram foi virar traidores e as pessoas que agem assim demonstram falta de caráter. E caráter não está à venda em supermercado”, completou. Sobre as possíveis alianças para a disputa de 2018, Lula revelou que sonha “em construir uma aliança de esquerda progressista”. “Obviamente que o PT vai construir uma aliança programática para recuperar o Brasil”, afirmou.

Ele voltou a criticar as propostas de reformas do governo Temer, que prejudicam os trabalhadores, e disse ser “defensor de que os trabalhadores não sejam penalizados”. “Ideologicamente falando, esse deve ser o pior Congresso que já tivemos nesse país. Por eles, voltamos à escravidão”, disparou. E reforçou sua defesa pelas eleições diretas. “Só uma pessoa eleita democraticamente pode recuperar o país”, disse. “O Temer é uma margem de erro. Um cara que só tem 3% não tem nada”, debochou. As informações são do Brasil 247.

Assista à íntegra da entrevista no vídeo 

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios