#Brasil: Justiça Federal manda soltar o ex-ministro Geddel Vieira Lima

Postado em jul 12 2017 - 4:37pm por Jornal da Chapada
geddel

Geddel vai cumprir prisão domiciliar | FOTO: Reprodução |

O desembargador do Tribunal Regional Federal de Brasília Ney Bello autorizou, nesta quarta-feira (12), que o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) cumpra prisão domiciliar. Com isso, o baiano deve deixar o presídio da Papuda, na capital federal, até esta quinta (13).

Leia também
Geddel chora ao ouvir que permanece na prisão e reclama de uso de algemas na transferência para Papuda

“O fato do processo penal não poder se prestar à ineficácia e à morosidade não autoriza a Justiça a trabalhar por ficção”, escreveu o desembargador. “Ofende a língua portuguesa decretar prisão “preventiva” por atos de 2012 a 2015″, conclui. De fato, hoje é um dia de sorte para o presidente Michel Temer.

Ao transferir Geddel Vieira Lima para prisão domiciliar, o desembargador Ney Bello determinou a proibição do uso de telefone e “o monitoramento eletrônico”, além de contato com demais indiciados. Com informações da Veja.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

1 Comentário Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.