#Bahia: Médica acusada de matar irmãos em Salvador em 2013 vai a júri popular

Postado em ago 17 2017 - 2:55pm por Jornal da Chapada
capa

O caso ocorreu em outubro de 2013, em trecho da orla do bairro de Ondina, e Kátia Vargas responde ao processo em liberdade | FOTO: Montagem do JC |

A médica Kátia Vargas, acusada de perseguir e matar os irmãos Emanuele Gomes Dias e Emanuel Gomes Dias, de 22 e 23 anos, depois de uma discussão de trânsito em Salvador, vai a júri popular no dia 7 de novembro. Vargas responde ao processo em liberdade. O caso ocorreu em outubro de 2013, em trecho da orla do bairro de Ondina. Testemunhas disseram que Kátia Vargas teve uma discussão de trânsito com um dos irmãos que estavam em uma moto. Em seguida, ela teria perseguido o dois e atingindo a moto com o carro que dirigia. Um laudo pericial sobre a reconstituição do acidente indicou que a médica estava em alta velocidade e perseguiu as vítimas.

Na conclusão do laudo, os peritos escreveram que “com base em todas as análises anteriormente expostas, pode-se inferir que o condutor do Sorento, trafegando sem a devida atenção e cuidados indispensáveis à segurança do trânsito, em velocidade superior permitida àquele logradouro, agiu de forma deliberada e não mensurada, não sendo possível deter seu veículo com segurança, ao inflectir, interceptar e obstruir o sentido de direção do motociclista provocando o impacto da motocicleta contra o meio-fio e o poste de concreto (PC), vitimando fatalmente os dois ocupantes da motocicleta”.

A médica foi presa acusada de homicídio triplamente qualificado. Em 2014 o Tribunal de Justiça da Bahia decidiu que a acusada fosse levada a júri popular. A defesa recorreu até a última instância, mas o Supremo Tribunal Federal negou o pedido. Em 2015, Kátia teve a prisão preventiva revogada, e agora ela cumpre medidas cautelares, como não poder sair de Salvador sem autorização da justiça. Jornal da Chapada com informações do G1BA.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.