CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolícia

Chapada: Dois membros da quadrilha que explodiu carro-forte morrem em Mulungu do Morro

cipe
Os bandidos morreram em confronto com a polícia militar | FOTO: Divulgação/Leitor do JC |

De acordo com informações apuradas pelo Jornal da Chapada, dois integrantes da quadrilha que explodiu um carro-forte na região do distrito de Segredo, em Souto Soares, na última segunda-feira (16), morreram em confronto com a polícia em Mulungu do Morro nesta terça-feira (17). A informação foi confirmada pelo major Ricardo Passos, comandante da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe-Chapada). O crime deixou moradores da Chapada Diamantina surpresos, já que ataques como este ficaram cada vez mais difíceis de ocorrer com a atuação da polícia militar na região.

Em texto emitido na noite desta terça, a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) diz que a ação contou com as equipes das polícias Militar e Civil. A nota confirma que a dupla foi localizada em uma região de mata fechada, na região de Mulungu do Morro. “Após explosão ao carro-forte, que segundo investigação estava vazio, sem dinheiro, equipes do Comando de Policiamento Regional da Chapada, das 13 e 14 Coordenadorias de Polícia do Interior [Coorpins/Seabra e Irecê], e das Companhia Independentes de Policiamento Especializado [Cipes] Semiárido e Chapada realizaram varreduras em áreas próximas ao ataque. Durante incursões, tendo como base denúncias anônimas, os policiais chegaram em casas utilizadas pelo bando”.

foto
Armas e drogas apreendias durante ação da polícia na região de Mulungu do Morro | FOTO: Divulgação/SSP |

Ainda conforme texto da SSP, no primeiro local, dois integrantes da quadrilha conhecidos pelos apelidos de ‘Patrãozinho’ (Valdelino Rosa da Silva) e ‘Bal’ (Maciel Anjos da Cruz) atiraram nas equipes, que reagiram e alvejaram os bandidos. Ele foram socorridos, mas não resistiram. Com os assaltantes foram apreendidos uma pistola calibre 380, um revólver calibre 32 e porções de maconha. Em segunda residência, na zona rural da cidade de Iraquara, um criminoso de prenome Rogério conseguiu fugir ao cerco. Na casa foram apreendidos três veículos.

“Parabéns a todas as equipes da PM e PC pelo empenho. Em menos de 24 horas chegamos na quadrilha. Mostramos que não toleramos na Bahia ação de crime organizado. Vamos pra cima para identificar e localizar todos”, informou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa. Conforme dados, foi a Cipe-Semiárido que atuou na ação que resultou na morte dos dois suspeitos. Moradores de Souto Soares disseram em redes sociais que uma escola na comunidade de Segredo não funcionou nesta terça e que a atuação policial na região aumentou significativamente. Texto editado às 21h14 para complemento de informações.

Jornal da Chapada

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios