Itaberaba: Prefeitura distribui 24 toneladas de alimentos para famílias passarem a Semana Santa

Postado em mar 29 2018 - 1:14pm por Jornal da Chapada

Um cadastro foi realizado previamente pelas equipes da Secretaria Municipal de Ação Social e Cidadania, que este ano contou com colaboração voluntária de mais de 150 pessoas | FOTO: Divulgação/Secom |

O projeto ‘Tempo de Repartir’, da administração ‘Cidade de Todos’, do prefeito de Itaberaba, Ricardo Mascarenhas (PSB), distribuiu 24 toneladas de alimentos para milhares de famílias em situação de vulnerabilidade social do município da Chapada Diamantina, tanto na sede quanto na zona rural. A ação aconteceu na última quarta-feira (28) e antes mesmo do dia raiar, centenas de pessoas esperavam pelos peixes e arroz. As toneladas de alimento foram divididas entre 22 postos de distribuição em bairros estratégicos da cidade.

Um cadastro foi realizado previamente pelas equipes da Secretaria Municipal de Ação Social e Cidadania, que este ano contou com colaboração voluntária de mais de 150 pessoas. “A nossa preocupação foi garantir a maior igualdade possível nesse processo, para que as famílias mais necessitadas do município tivessem assegurado o acesso ao benefício. As nossas equipes foram de casa em casa, de forma antecipada, o que tornou o processo mais organizado, garantindo a agilidade na distribuição”, disse a vice-prefeita Maria José Novais.

A secretária de Ação Social e Cidadania, Lívia Oliveira, destacou o esforço do prefeito Ricardo para garantir que o projeto seja realizado sempre buscando aprimorar o processo. “É importante lembrar a preocupação do prefeito em garantir, mais uma vez, uma ceia digna para as famílias mais carentes do município. A ideia do peixe do ‘Tempo de Repartir’ é garantir que a família esteja reunida nesse período de reflexão, quando buscamos a comunhão, a solidariedade através da toda a simbologia que a ressurreição que Cristo representa”, ponderou a secretária.

Para Nildo Virgens, de 62 anos, que também recebeu a porção de peixe e arroz, toda família deveria ter o direito de fazer a sua ceia na Semana Santa. “Esse peixe chegou trazendo um pouco mais de esperança. Por isso eu agradeço a Deus, em primeiro lugar, e depois ao prefeito Ricardo que está colocando a comida na mesa do pobre”, disse. Jornal da Chapada com informações de assessoria.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.