#Bahia: Presidente do PT na Bahia diz que ‘pleito do PSD por vaga em chapa de Rui é legítimo’

Postado em abr 3 2018 - 1:06pm por Jornal da Chapada
capa

Everaldo Anunciação negou taxativamente que Jaques Wagner fique fora da chapa de Rui Costa em 2018 | FOTO: Jonas Santos |

O presidente do PT na Bahia, Everaldo Anunciação, disse que é “legítimo” o pleito do senador Otto Alencar para que o PSD tenha uma vaga na chapa à reeleição do governador Rui Costa (PT). “Eu acho que é legítimo o PSD e o PSB pleitearem. O PT não quer fazer nenhum tensionamento para quem vai ocupar a vaga. É óbvio que o PSD tem uma força política no estado, e Lídice é uma grande personagem da política baiana. Nós vamos discutir isso no Conselho Político. Vamos construir essa equação e é legítimo todos os partidos pleitearem espaço”, afirmou.

Em entrevista ao jornal Tribuna da Bahia, Otto afirmou que o PSD não abriria mão de indicar um integrante para a composição governista. “Para a composição da chapa, é importante a presença do PSD, porque é o partido que mais fez prefeituras. Tem uma base política muito sólida, compacta e unida. Nós temos hoje dez deputados estaduais e cinco federais. O partido está muito organizado na Bahia inteira. O partido pode contribuir muito. O peso político do PSD, sem nenhuma dúvida, poderá ajudar muito na eleição de outubro”, salientou o senador.

Perguntado se o ex-governador e secretário estadual de Desenvolvimento Econômico (SDE), Jaques Wagner (PT), poderia ficar fora da chapa para que um aliado ocupasse o espaço, Everaldo Anunciação negou taxativamente. “A indicação foi uma indicação que partiu dos partidos da base. Wagner extrapola o PT. É uma posição consensual [a candidatura dele]. Nenhum partido questiona”, garantiu. Na entrevista à Tribuna, Otto sugeriu que Wagner seria um bom nome para substituir Lula na corrida presidencial.

“Na minha opinião, Wagner é nome mais destacado. Foi um grande governador. Governou a Bahia oito anos. Um estado que o Partido dos Trabalhadores teve mais destaque. Ele fez seu sucessor. Tem um conhecimento muito grande do Brasil. Tem uma vocação natural para fazer um governo bem voltado para as questões sociais do país. Acho que ele mostrou isso quando foi governador. É um nome que tem condições para ser presidente do Brasil”, pontuou o senador.

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) manteve a decisão do juiz federal Sérgio Moro, responsável pelo processo da Lava Jato na primeira instância, e ampliou a pena de nove anos e seis meses para 12 anos e um mês para Lula. Com a permanência da punição, o ex-chefe do Palácio do Planalto deve ter a candidatura indeferida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com base na Lei da Ficha Limpa. “O PT não tem plano B. Lula é o nosso candidato. O nome de Wagner tem reconhecimento na Bahia, no Nordeste e no Brasil. Seria um bom nome, mas Wagner é nosso candidato ao Senado”, refutou a hipótese Everaldo. As informações são da Tribuna da Bahia.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.