CidadesCulturaCuriosidadesMenu Principal

Chapada: Lençóis recebe exposição em homenagem ao 142º aniversário de Afrânio Peixoto

A Exposição Silvio Robatto – Barroco Rebolado fica de 17 de dezembro a 17 de fevereiro de 2019 na cidade chapadeira | FOTO: Divulgação |

Na próxima segunda-feira (17), é celebrado o aniversário de Júlio Afrânio Peixoto. Médico, professor, crítico literário, ensaísta, romancista, historiador brasileiro e também político, ele teve sua vida marcada por relevantes trabalhos sociais. Ocupou a cadeira sete da Academia Brasileira de Letras e a cadeira dois da Academia Brasileira de Filologia, da qual foi fundador. Em comemoração à data de aniversário do médico, a Casa Afrânio Peixoto, em Lençóis, na Chapada Diamantina, recebe a Exposição Silvio Robatto – Barroco Rebolado, de 17 de dezembro a 17 de fevereiro de 2019, promovida pelo Centro de Memória da Bahia (CMB). A programação terá abertura oficial às 19h e continuará durante o mês.

A exposição representa livremente a expressão artística do barroco, sob o olhar do artista. As imagens apresentam seus relevos, contrastes, curvas e exuberância, não só a partir dos detalhes arquitetônicos e decorativos de igrejas da Bahia, mas também dos cortejos religiosos e festas populares de Salvador e do Recôncavo Baiano. As festividades de abertura contam também com a estreia do Coral Rosa Mystica, nome dado em homenagem ao primeiro romance de Afrânio. O coral é composto por membros da comunidade local e vai apresentar um repertório eclético afro-brasileiro e indígena. Além disso, a Banda Trotta Mundo fará uma participação autoral de seu repertório, assim como o grupo musical de percussão Mandassaia, composto só por mulheres, entre outras programações.

Para a diretora do espaço, Dulce Maria Ferreiro, “essa é uma data que sempre tem que ser comemorada, pois Afrânio Peixoto é o maior ‘diamante’ que a chapada produziu, do ponto de vista da cultura brasileira e da criatividade. Ele é multifacetário, publicou 14 obras e vendeu mais de 600 mil exemplares no início do século XX”, disse a diretora. Casa Afrânio Peixoto é uma Unidade da Fundação Pedro Calmon (FPC) que foi batizada em homenagem ao seu patrono. Localizada na praça que também leva o seu nome, a casa especializada de dois andares preserva um rico acervo bibliográfico, documental e museológico, doado por sua viúva, além de um vasto acervo sobre ciências sociais e história. O espaço conta ainda com um auditório para conferências, exibição de filmes e oficinas, construído após reforma em 2008.

Centro de Memória da Bahia
O Centro de Memória da Bahia (CMB), localizado na Avenida Sete de Setembro, 282, Centro, oferece consulta ao acervo documental através de um Sistema de Gerenciamento Arquivístico que dispõe de diversos filtros na busca, além do acervo bibliográfico que guarda, através de convênio com o jornal A Tarde, pontos de acesso à base de dados que possibilita realizar buscas por diversos filtros de pesquisa. O objetivo do CMB é a difusão da história da Bahia, através da preservação e ordenação de arquivos privados e personalidades públicas, bem como a realização de exposições, seminários e cursos de formação gratuitos. O Centro de Memória funciona de segunda a sexta, das 8h30 às 17h30. As informações são de assessoria.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas