AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu Principal

Chapada: Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Boa Vista do Tupim comemora 40 anos com muita festa

A festa foi prestigiada por várias lideranças sindicais, políticas, além de representantes de instituições que são parceiras do STR | FOTOS: Jornal da Chapada |

A semana começou com festa para os associados do Sindicato dos Trabalhadores e das Trabalhadoras Rurais, Agricultores e Agricultoras Familiares (STR) de Boa Vista do Tupim, município da Chapada Diamantina. É que no último domingo (24) foram comemorados os 40 anos de fundação da instituição. A diretoria, que tem como presidente o sindicalista João Aparecido Teixeira da Silva, programou uma festa com direito a café da manhã, almoço, bolo de aniversário, homenagens e show de música vivo, em uma estrutura montada na frente da sede do Sindicato.

A festa foi prestigiada por várias lideranças sindicais, políticas, além de representantes de instituições que são parceiras do STR. Entre as lideranças sindicais destacamos a presença do presidente da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado da Bahia (Fetag-BA), o ativista João da Cruz, o presidente do Sindicato de Nova Redenção, Jean Carlos, o presidente do Sindicato de Utinga, Nego do Sindicato, o presidente do Polo Sindical da Chapada Diamantina e vereador do município de Iraquara, Suede de Jesus Neves Filho, acompanhado de José Fernandes Mendes (Zequinha) e Reginaldo Azevedo, ambos também representantes do Polo Sindical da Chapada Diamantina.

Além do assessor contábil do sindicato Pedro de Araújo Teles, da advogada Jenaldy Gomes Nascimento e do advogado Noildo Gomes Nascimento, ambos assessores jurídicos da entidade, além de Olavo Oliveira, vereador eleito de Boa Vista do Tupim com apoio do sindicato, dos Vereadores Neto do MST e Rudival Cipriano (o popular Lê), Ex-prefeito Hiran Campos, dos ex-vereadores Rondinele Arena ( Nelinho) e Joselane Aragão (Jó), do advogado e líder político Henrique Coimbra. Prestigiaram o evento ainda, a representante da Cooperativa de Crédito do Brasil (Sicoob), Zana Aragão Medrado, e os representantes da Autoescola Dinâmica, Izania e Fábio.

Prestação de Contas
Antes da festa começar de fato, o assessor contábil do STR, Pedro de Araujo Teles, fez a prestação de contas anual, que foi aprovada com unanimidade em assembleia realizada em Praça Pública. A transparência com a qual a diretoria da instituição vem conduzindo a arrecadação, fruto da contribuição sindical dos associados, foi lembrada e aplaudida por todos que usaram a palavra.

Em seus pronunciamentos os convidados ainda felicitaram o Sindicato pelos 40 anos de fundação e funcionamento. “A iniciativa de João Aparecido, em nosso ponto de vista como Fetag é muito positiva. Principalmente no que se refere a transparência dos recursos do sindicato, ao prestar contas ao povo, em praça pública. Nunca vi isso em nenhum município, só aqui. Isso demonstra a sinceridade, o compromisso do sindicato, através do presidente João junto aos trabalhadores rurais do município. Esse exemplo deveria ser seguido também pelo Poder Executivo. Prestando contas para seus munícipes”, declarou ao Jornal da Chapada o presidente da Fetag, João da Cruz.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A solenidade foi conduzida pelo Presidente João Aparecido, auxiliado pela secretária Geral Rosana Oliveira Santos e pela secretária de Finanças, Nelma da Conceição Oliveira. Durante sua explanação, João homenageou os presidentes que o antecederam como Felipe Pinheiro dos Santos (1979), Zezito Alves Macedo (in memória – 1990), Celson Rocha Santos (1991 e 1992), Pedro Barbosa dos Santos (1983, 1996 a 1998), Filipe Brandão Oliveira o popular Lili (in-memória – 1986 a 1990), Milton Santos Oliveira (in-memoria -1993 a 1995) e Luis Alcântara da Silva (1999 a 2012). Vale salientar que algumas homenagens foram recebidas por familiares, que participaram da inauguração de Galeria de Fotos dos ex-presidentes afixada no Auditório do Sindicato, e que leva também, o nome do primeiro Secretário Geral do Sindicato que foi Alfredo Francelino Moreira (in-memória).

O momento mais importante do ato foi a fala do advogado militante Nóildo Gomes Nascimento. O especialista em Direito Sindical e Previdenciário não só explicou aos presentes que é boato quando se diz que o sindicato vai fechar. “Isso é boato de gente que anda insatisfeita com a liderança que João Aparecido exerce dentro do sindicato e anda espalhando que o sindicato vai fechar. O sindicato não vai fechar. Não é uma Medida Provisória que vai fazer o sindicato fechar. Isso é conversa das pessoas que não querem o desenvolvimento da representação dos seus trabalhadores no município. Nós vamos continuar na luta, na defesa do homem e da mulher do campo, dos direitos previdenciários, das políticas públicas, do garantia safra, da Adap, do salário maternidade, da organização da documentação dos trabalhadores do campo. Nós vamos, sim, sair mais fortalecidos desse processo”, disse o advogado.

Gomes também deu uma aula sobre a Reforma da Previdência. “A Reforma da Previdência retrata o pensar do Governo Federal, ou seja, duas categorias serão penalizadas diretamente, trabalhadoras rurais e professoras. Mas, há muito tempo vem se dizendo que Bolsonaro, detesta mulheres. Contudo, é contraditório, ou seja, ele diz que a mulher é o sexo frágil, no entanto, porque a Reforma exigem da mulher o mesmo tipo de contribuição e a mesma idade?”, questionou Noildo. Na proposta do Governo de Reforma da Previdência, a idade mínima da mulher é aumentada para 62 anos e o tempo de contribuição para 30 anos.

Jornal da Chapada

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas