CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

#Vídeo: Bolsonaro é desmentido por membro da F1 sobre mudança de cidade do GP Brasil

O CEO da Fórmula 1 disse que as negociações com os dois estados ainda estão ocorrendo e que a melhor decisão será tomada | FOTO: Divulgação |

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) foi desmentido pelo o CEO do Liberty Media, grupo que controla a Fórmula 1, Chase Carey, na tarde da última segunda-feira (24), no Palácio do Planalto, instantes depois de ter comentado estar otimista para que a etapa brasileira da Fórmula 1 seja disputada no Rio de Janeiro a partir de 2021 e não mais em São Paulo.

“Nós não perderemos a Fórmula 1. O contrato vence ano que vem com São Paulo e eles resolveram voltar ao Rio de Janeiro. [São] 99% de chance, de termos a Fórmula 1 a partir de 2021 no Rio de Janeiro. Obviamente, as consequências positivas da Fórmula 1 aqui são muito boas”, disse o presidente.

Bolsonaro disse ainda que ou a Fórmula 1 vai para o Rio de Janeiro ou sairá do Brasil. “Eu tenho que pensar no Brasil e não no seu estado. […] A área é muito mais ampla no Rio de Janeiro. […] Melhor ficar no Rio do que não ficar em lugar nenhum”.

No entanto, em sua fala, o CEO da Fórmula 1 disse que as negociações com os dois estados ainda estão ocorrendo e que a melhor decisão será tomada: “Não temos nada fechado. Estamos empenhados nas discussões no Rio de Janeiro e em São Paulo, onde temos parceiros e contrato até 2020. Não queremos eliminar nenhuma possibilidade”.

Chase Carey informou que quer proporcionar aos fãs brasileiros uma experiência semelhante à da final do futebol americano nos Estados Unidos, o Superbowl. “O que queremos procurar é a melhor experiência geral para os fãs. Como é feito com o Superbowl. Também tem música, comida, exibições, experiências”. Jornal da Chapada com informações de Agência Brasil.

Confira vídeo aqui

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas